Uma tonelada de lixo é retirada do Rio Cubatão

A ação ocorreu no último domingo (25) e contou com a colaboração de diversas instituições

1d7b30cae97d680babfa4d2c7c7c8965.jpeg Foto: DIVULGAÇÃO

Um dia depois do aniversário do município, veio um dos presentes: instituições uniram esforços e homenagearam a emancipação de Palhoça com mais uma ação ecológica: a limpeza do Rio Cubatão, realizada no último domingo (25). Como resultado, cerca de 1,2 mil quilos de lixo foram recolhidos do local. A ação foi promovida pelo instituto Palhoça Menos Lixo, em parceria com entidades locais.

Participaram da limpeza no entorno das praias e margens do rio Cubatão: Polícia Militar Ambiental da Palhoça, o 16° Batalhão de Polícia Militar, a Fundação Cambirela do Meio Ambiente (FCam), a Associação Comunitária da Barra do Aririú, Marinha do Brasil, Corpo de Bombeiros Militar, entre outros apoiadores. 

“Mais de uma tonelada de resíduos retirados desse paraíso em pouco mais de duas horas e meia de ação ambiental. É uma gratidão poder ver o Rio Cubatão mais limpo e poder participar disso,  conta Leonardo Quint, coordenador do instituto Palhoça Menos Lixo.

Para recolher o lixo encontrado, os ativistas utilizaram embarcações pequenas e, durante a ação, os voluntários encontraram diferentes tipos de materiais, desde embalagens plásticas, até uma geladeira e um sofá que teriam sido descartados de forma irregular às margens do rio.

“Fiquei muito feliz e honrado em representar o poder Executivo nesta importante ação ambiental. Espero que ações como esta estimulem e sirvam de exemplo para outras pessoas e entidades, contribuindo para a educação e preservação do meio ambiente”, ressalta Felipe Linhares, que é procurador do município de Palhoça e foi um dos voluntários que participaram da ação. 

Segundo nota enviada pela assessoria de imprensa que representa a FCam, “a Fundação Cambirela do Meio Ambiente doou todas as sacolas plásticas utilizadas na retirada de rejeitos do rio”. “Enchemos mais de 20 sacolas grandes de lixo e retiramos tudo isso que estava atrapalhando o ecossistema em torno do rio. A Bacia do Rio Cubatão, que abastece Palhoça, São José, Florianópolis, Santo Amaro da Imperatriz e Biguaçu não pode ficar suja”,  enfatiza o superintendente da FCam, Anestor Denoni.

 

Quer participar do grupo de WhatsApp do Palhocense?

Clique no link de acesso!



Galeria de fotos: 2 fotos
Créditos: DIVULGAÇÃO DIVULGAÇÃO
Veja também:









Mais vistos

Publicidade

  • ea73bab336bac715f3185463fd7ccc14.jpg