Custo da cesta básica fica estável em setembro

Análise é feita mensalmente pela Fatenp

7018c35005f7dc943c4c06c9fcd834df.png Foto: DIVULGAÇÃO

O custo da cesta básica em Palhoça ficou estável em setembro, em relação aos números registrados em agosto, com uma variação de 0,6%, conforme levantamento elaborado pela Faculdade de Tecnologia Nova Palhoça. Em agosto, eram necessários R$ 329,02 para adquirir os 13 produtos que compõem a lista, valor que passou para R$ 331,03 no mês passado.

Na comparação entre os meses de setembro de 2017 e 2018, o custo da cesta básica caiu 2,6%. “Isso mostra que os preços dos alimentos na cidade seguem uma estabilidade - apresentam variações mensais, mas se mantêm em uma média de R$ 352, que está em consonância com os indicadores de inflação controlada e baixo crescimento econômico em nível nacional”, explica Willian Adamczyk, professor da disciplina Evolução das Teorias Econômicas do curso de Administração, que coordena a pesquisa.

As maiores altas em setembro foram as do feijão (+19%), tomate (+12%), açúcar (+10%), manteiga (+6%) e pão (+5%). “O aumento significativo do feijão, essencial no prato do brasileiro, é reflexo da quebra de safra nos meses anteriores nos estados de São Paulo e Paraná, forçando o preço do alimento para cima”, diz Adamczyk. Segundo ele, essa flutuação não indica uma alta sustentada e a tendência é o preço cair nos próximos meses - em relação a setembro de 2017, o feijão está apenas 1,3% mais caro.

A alta no preço dos produtos citados acima foi compensada pela queda no valor da batata (-12,5%), farinha de trigo (-9,5%), café (-8%), leite (-6%), banana e carne de gado (ambos com -4%), óleo (-2%) e arroz (-1%).

A coleta de preços segue a metodologia do Departamento Intersindical de Estatísticas e Estudos Socioeconômicos (Dieese), sendo feita com a marca mais barata, no mesmo período do mês, para que os resultados sejam comparáveis entre si, sem a influência de promoções ou ofertas e é realizada mensalmente em conjunto por alunos da 4ª fase dos cursos de Ciências Contábeis e Administração da Fatenp.



Tags:
Veja também:









Mais vistos

Publicidade

  • d83a8831fba6952d386c6501dc64c0ab.jpg