Palhocense é campeão na Itália

Um dos mais promissores lutadores de jiu-jitsu palhocenses, Gustavo Santos conquistou o título do Roma Fall International Open, na última sexta-feira (18), em Roma, na Itália

99ddcaef01414300441a19a9608b9ddd.jpeg Foto: DIVULGAÇÃO

Um dos mais promissores lutadores de jiu-jitsu palhocenses, Gustavo Santos conquistou o título do Roma Fall International Open, na última sexta-feira (18), em Roma, na Itália. Gustavo lutou na categoria adulto, faixa roxa, peso superpesado.
O garoto do Madri está na Itália há cerca de um mês. Partiu para a Europa com o intuito de participar de algumas competições da Federação Internacional de Brazilian Jiu-Jitsu (IBJJF) e está morando na casa de um professor, na Sicília.
A vitória na competição em Roma mostra o potencial do palhocense. Gustavo realizou duas lutas no aberto romano, que tem chancela da IBJJF e soma pontos para o ranking mundial. Na primeira, enfrentou um lutador da Eslováquia e finalizou o oponente com um triângulo, aos 17 segundos de combate. A luta seguinte, contra um atleta da Grécia, valia o ouro, e o palhocense conseguiu finalizar o adversário novamente, a 30 segundos para o fim da luta, com um golpe chamado Ezequiel. “A experiência aqui na Itália está sendo maravilhosa. É muito bom poder aproveitar a usufruir das coisas que o jiu-jitsu proporciona. Estar aqui, conhecer novas pessoas, novas culturas, lugares e ainda estar fazendo o que amo, realmente não tem preço”, comenta.
Assim que chegou à Itália, Gustavo não conseguia entender o idioma italiano, mas aprendeu "na marra" e hoje já consegue se comunicar. Gustavo conta que o jiu-jitsu na Itália, de modo geral, não é tão forte quanto no Brasil. Por isso, sempre que aparece algum brasileiro praticante, os italianos procuram aprender ao máximo. “É diferente do Brasil, que em todo canto tem uma equipe forte de jiu-jitsu”, compara.
O palhocense dividiu o treinamento em três partes: pela manhã, faz preparação física muito forte; à tarde, treina jiu-jitsu voltado para competição, com foco na parte técnica; à noite, faz um treino de kickboxing, modalidade que está começando a aprender. “À noite, ainda estou dando alguns treinos para uma turma infantil de jiu-jitsu”, acrescenta.
No dia 2 de novembro, Gustavo deve partir para Madri, onde disputa mais um campeonato, e também deve participar de competições em Paris (16 e 17 de novembro) e Berlim (30 de novembro) - todas chanceladas pela federação e valendo pontos para o ranking mundial. Quem quiser apoiar o atleta com patrocínio, pode entrar em contato pelo telefone 99833-8104.

 



Tags:
Veja também:









Mais vistos

Publicidade

  • Banner-310x260.gif