Prefeitura mantém decoração de Natal na Praça Sete

Como o local será revitalizado, havia a expectativa de transferir a decoração para a Praça das Bandeiras, mas empresários do Centro se mobilizaram e foi costurada uma solução de consenso

811ad2d785e65841d0452ce5694c51b6.jpeg Foto: NORBERTO MACHADO E DIVULGAÇÃO

Integrantes da Câmara de Dirigentes Lojistas (CDL) e da Associação Empresarial de Palhoça (Acip) e comerciantes do entorno da Praça Sete de Setembro participaram de uma audiência com o prefeito Camilo Martins nesta segunda-feira (4), para solicitar o adiamento das obras de revitalização da praça central do município. A maior preocupação é que, com as obras e com a eventual ausência da tradicional decoração de Natal na praça (a ideia original era transferir a decoração para a Praça das Bandeiras, porque a Praça Sete seria toda circundada por tapumes), o comércio local poderia perder movimento, exatamente na época mais esperada do ano.

Comerciantes do Centro procuraram a CDL pedindo ajuda em função da notícia de que a Prefeitura daria início às obras de revitalização da Praça Sete de Setembro justamente nos melhores meses comerciais do ano, novembro e dezembro. Imediatamente, o presidente Almir Anisio Rosa entrou em contato com o prefeito e marcou a audiência.

Segundo o presidente da CDL de Palhoça, a maior preocupação dos comerciantes locais era que, além dos contratempos de uma revitalização dessa magnitude, ainda se deixasse de fazer a tradicional decoração de Natal da praça - o que, naturalmente, é mais um atrativo para o chamamento de público. “Nós entendemos e até ficamos satisfeitos com a iniciativa da Prefeitura de dar uma repaginada na principal praça do município. Mas, não concordamos com a época de sua realização, pois isso prejudicaria, certamente, o movimento de Natal no Centro da cidade”, argumenta Almir.

Os comerciantes apresentaram sua preocupação e o prefeito contra-argumentou que trata-se de um recurso do Badesc, com prazo para ser utilizado, e que a ordem de serviço para a execução da obra já havia sido assinada. No final das discussões, chegou-se a uma solução de consenso, que satisfez ambos os lados: as obras começarão somente no terço do lado leste da praça (junto à rua José Maria da Luz), deixando os outros dois terços (no lado oeste, junto à avenida Barão do Rio Branco) intocados e aptos para receber a tradicional decoração de Natal.

 

Estrutura derrubada

Na semana passada, atendendo, também, a pedidos reiterados de comerciantes e usuários da Praça Sete de Setembro, a Prefeitura demoliu a antiga estrutura que servia de guarita para taxistas, na época em que não havia o calçadão. A estrutura estava praticamente abandonada e vinha sendo utilizada como “abrigo” por moradores de rua, sem as mínimas condições de higiene.



Galeria de fotos: 2 fotos
Créditos: NORBERTO MACHADO E DIVULGAÇÃO NORBERTO MACHADO E DIVULGAÇÃO
Tags:
Veja também:









Mais vistos

Publicidade

  • Banner-310x260.gif