Bala pede a interferência do MP na educação

Vereador envia ofício a promotoria solicitando providências quanto à falta de vagas

fa5121acfa194334154058541ba45123.jpg Foto: DIVULGAÇÃO

O vereador João Carlos Amândio (Bala, PSD), na condição de presidente da Comissão de Educação, Cultura e Desporto da Câmara, enviou ofício ao promotor da Vara da Infância, Juventude e Adolescência de Palhoça, Dr. Aurélio Giacomelli da Silva, solicitando que a Promotoria atue em relação à falta de vagas para alunos do ensino Médio e Fundamental nas escolas públicas estaduais do município de Palhoça.

No ofício, o vereador Bala sugere que seja dada publicidade sobre como serão preenchidas as possíveis vagas a serem abertas, bem como os critérios que serão usados para o seu preenchimento, principalmente as inscrições realizadas pela internet. “Tal ação se faz necessária para atender à demanda de adolescentes e jovens que hoje não encontram um estabelecimento de ensino público estadual para estudar”, explica o vereador.

O assunto também foi discutido amplamente pelo vereador nas sessões legislativas desta semana, quando alertou sobre as dificuldades que vêm encontrando jovens e adolescentes de Palhoça para conseguir uma vaga no Colégio Governador Ivo Silveira, depois que a Secretaria de Educação do estado transformou o Ensino Médio em período integral. 
Outro problema que acarreta falta de vagas nas escolas estaduais apontado pelo vereador é a demora na inauguração da escola do bairro Bela Vista, que deveria ter ficado pronta em 2018, conforme denúncia feita pelo jornal Palhocense, para atender à demanda da região para 2019, mas que continua sem uma resposta efetiva do governo do estado. “O envio deste ofício foi um pedido feito pelo promotor em recente visita que fiz para falar sobre o assunto”, enfatizou.  



Tags:
Veja também:









Mais vistos

Publicidade

  • ea73bab336bac715f3185463fd7ccc14.jpg