Vacina pentavalente volta aos postos de saúde

Nova remessa, porém, é insuficiente para atender à demanda

dc69056f79897bcc9e8b22f96b44307c.jpg Foto: DIVULGAÇÃO

A Secretaria de Saúde de Santa Catarina (SES) recebeu 27 mil doses da vacina pentavalante do Ministério da Saúde na sexta-feira (10) e distribuiu as doses a todos os 295 municípios catarinenses. Em Palhoça, já não havia mais doses disponíveis nos postos. Desde maio de 2019, o estado tem recebido uma quantidade reduzida de vacinas (confira o quadro).

Todas as unidades de saúde de Palhoça receberam doses da vacina pentavalente, porém, a quantidade não vai sanar a demanda do município. A princípio, não há data para receber novas doses.
A dose protege contra difteria, tétano, coqueluche, hepatite B e a bactéria haemophilus influenza tipo b (responsável por infecções no nariz e garganta). O Calendário Vacinal de Imunização prevê a aplicação de três doses da pentavalente em bebês: aos dois, quatro e seis meses. 


Queda no repasse

Até abril, Santa Catarina recebeu do Ministério da Saúde o número de doses da vacina pentavalente solicitado
Maio e junho: cota reduzida em cerca de 50%
Julho: 44% do lote mensal
Agosto e setembro: não houve repasse
Outubro: 33 mil doses
Novembro e dezembro: não houve repasse



Tags:
Veja também:









Mais vistos

Publicidade

  • Banner-310x260.gif