Novos guardas de trânsito recebem capacitação

Instrução foi focada em noções de primeiros socorros

1812b8784e380857dc9b5f7f41e59c09.jpeg Foto: DIVULGAÇÃO

Os 14 novos guardas de trânsito de Palhoça, nomeados em dezembro de 2020, receberam uma capacitação em primeiros socorros na manhã de terça-feira (2), no auditório da Prefeitura.

“Foi uma capacitação de primeiros socorros, noções básicas voltadas para o nosso dia a dia”, explica o guarda de trânsito municipal Thiago Hinckel, que é técnico em enfermagem e trabalhou cerca de oito anos no atendimento pré-hospitalar do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) antes de integrar a Guarda de Trânsito de Palhoça. “Muitas vezes, nós (os guardas de trânsito) somos a primeira equipe a chegar ao local (de alguma ocorrência). Então, a instrução foi em alguns conceitos básicos em primeiros socorros”, detalha.

Com a chegada dos 14 novos profissionais, a Guarda de Trânsito de Palhoça, que hoje é coordenada por Tony Anderson Wagner, passou a contar com 35 agentes, que contribuem para a segurança da cidade e trabalham em cooperação com outras forças, como Polícia Militar e Polícia Civil. “É nosso objetivo e estamos trabalhando para integrar as outras guardas, de São José e Florianópolis, e as outras forças de segurança para a realização desses cursos, que não têm custo algum para o município”, reflete o secretário de Segurança Pública, Alexandre Silveira de Sousa.

Outro curso que está no radar da secretaria é o de Direção Tática, em parceria com a Polícia Militar e com a Polícia Rodoviária Federal (PRF). “A prioridade é fazer economia de recursos através da parceria e da integração entre as forças, que é uma bandeira nossa”, conclui o secretário.

Lembrando que, a partir de janeiro de 2022, a Guarda de Trânsito passará a funcionar como uma Guarda Municipal, com as adequações de funções previstas pela Lei Complementar 098/2020, sancionada pelo então prefeito de Palhoça, Camilo Martins, em julho do ano passado. A espera para a efetivação da Guarda Municipal atende ao prazo estipulado pela Lei Complementar (LC) Nº 173, de 27 de maio de 2020, sancionada pelo presidente da República, Jair Bolsonaro, estabelecendo o Programa Federativo de Enfrentamento ao Coronavírus Sars-CoV-2. A LC 173 impede, até 31 de dezembro de 2021, a alteração da estrutura de carreira de servidor público.

 

Quer participar do grupo de WhatsApp do Palhocense?

Clique no link de acesso!



Veja também:









Mais vistos

Publicidade

  • ea73bab336bac715f3185463fd7ccc14.jpg