cea913637f9993044e2d593d2c8c58a5.jpeg Professor de Ecologia e Oceanologia aborda exploração de petróleo

31912c67f113f2bc58ba76fe5f16f0c1.jpeg Por meio do Governo do Estado, Epagri Ciram realiza ações de apoio à pesca

05869665556f62f815b6c2a9f54623e6.jpeg Professores e alunos da Ponte do Imaruim reclamam de horários do transporte coletivo

2a46e516208184553913a41ae23578e0.jpeg Através de campanha solidária, evento de Dia das Crianças deve ocorrer no São Sebastião

124a5fd64c0300628c002b6987790ece.jpeg Acusado de matar pelo menos 15 pessoas é preso na Ponte do Imaruim

5e23d8c4a62a022f340e9d6aa9d81f61.jpeg PBec Brasil completa 11 anos de história no futebol palhocense

e228afe0fbb6efb4982272fb3b076d56.jpeg Tocha se destaca em reestreia do Campeonato Paranaense de BMX

72f487649eea6e06499c8aad717c7939.jpg Rodada do Campeonato Palhocense de Juniores é cancelada por suspeita de Covid-19

fb7c595c0003a6d5a1d67ae4342a585b.jpeg Apostando em jovens talentos, Guarani encerra Série B em quinto lugar

5d4a40de45338ded326da1392547a49a.jpeg Paratleta de Palhoça é homenageada por participação em Tóquio


O Cambirela é um vulcão? Especialistas comentam

As teorias são antigas, mas o assunto voltou a ser discutido na semana passada, nas redes sociais do jornal Palhocense

31b6c52f56b904469394532f240423c2.jpeg Foto: DIVULGAÇÃO

Por: Willian Schütz*


O Morro do Cambirela é um dos cartões-postais de Palhoça. Por isso, na última quinta-feira (9), o jornal Palhocense publicou uma foto feita por um leitor, e a legenda mencionava que a imagem relembrava “o mito de que o Morro do Cambirela seria um vulcão adormecido”. A afirmação foi debatida nos comentários. Por isso, a equipe de reportagem procurou um especialista, já que muita gente se perguntou: será que o Cambirela é mesmo um vulcão?

Segundo o professor Breno Waichel, do departamento de Geologia da Universidade Federal de Santa Catarina (Ufsc), o morro de quase mil metros de altura “parece um vulcão, sim, mas só parece”. “O Cambirela é formado por rochas vulcânicas e foi um vulcão somente há cerca de 500 milhões de anos”, afirma o professor.

Já com relação à grande nuvem que aparece na imagem, o professor da Unisul José Gabriel da Silva, mestre em Agronomia e especialista em Mudanças Climáticas, disse que se trata de um fenômeno chamado orografia: formação de nuvens por ascensão em relevo.


* Sob a supervisão de Alexandre Bonfim

Quer participar do grupo de WhatsApp do Palhocense?
Clique no link de acesso!



Tags:
Veja também:









Mais vistos

Publicidade

  • ea73bab336bac715f3185463fd7ccc14.jpg