Palhoça pede mais segurança

Vereador Bala, prefeito Camilo e deputado Nazareno Martins visitam comandante da PM

19bc1558cc917c22d7618445bc73dc31.jpg Foto: DIVULGAÇÃO

Tendo em vista o galopante aumento nos índices de furtos e assaltos no município, o vereador João Carlos Amândio (Bala, PSD) esteve reunido, no último dia 21 de maio, com o comandante da Polícia Militar do Estado de Santa Catarina, coronel Carlos Alberto de Araújo Gomes, juntamente com o deputado estadual Nazareno Martins e o prefeito municipal de Palhoça, Camilo Martins. 

Na reunião, Bala solicitou mais estrutura e apoio à nossa PM, para que essa tenha melhores condições de trabalho. Segundo o vereador, há cerca de 10 anos o município de Palhoça tinha 60 mil habitantes e contava com 200 policiais efetivos. “Basta vermos esta situação: há seis meses atrás o município tinha 220 policiais, mas o problema é que a cada dia que passa, Palhoça perde efetivo, seja porque vão para a reserva ou por transferências para outras cidades, sendo assim, hoje contamos com apenas 176 policias militares”, reclama. 

Outro problema que também foi relatado ao comandante é a falta de viaturas, tanto na Polícia Militar quanto na Polícia Civil. “Nossas bases policiais, em vários momentos, ficam sem efetivos, principalmente nas bases do Centro do município e no bairro Ponte do Imaruim”, lamenta. O vereador conclama a comunidade de Palhoça a usar o 190 para o devido registro das ocorrências, pois se isso não for feito, os fatos policiais não constarão nas estatísticas da PM. “É comum ouvirmos autoridades da segurança pública do estado se referirem a Palhoça como um município com poucas ocorrências em relação a outros. Mas isso acontece porque muita gente que é furtada ou assaltada não tem, sequer, comunicado o fato às autoridades policiais”, explica.



Galeria de fotos: 2 fotos
Créditos: DIVULGAÇÃO DIVULGAÇÃO
Tags:
Veja também:









Mais vistos

Publicidade

  • Banner-310x260.gif