Problema em fossa provoca interrupção nas aulas

Situação acontece em escola estadual na Ponte do Imaruim

e4d00d750276abaa06a32bce490dd6ec.jpeg Foto: DIVULGAÇÃO

Por: Willian Schütz* 

Há pouco mais de duas semanas, a Escola de Educação Básica Professora Claudete Maria Hoffmann Domingos, na Ponte do Imaruim, está fechada por causa de um vazamento de esgoto exposto. Pais e responsáveis têm lamentado a situação, pois as aulas presenciais, que haviam retornado há pouco tempo, no modelo híbrido, precisaram ser interrompidas. 

Segundo o presidente do conselho deliberativo da escola, Oilson Castilhos da Silveira, a comunidade escolar não está recebendo qualquer tipo de atualização sobre a resolução do problema. 

Um leitor do jornal Palhocense e membro da comunidade escolar relata que, com a interdição da escola, foi interrompida também a retirada do material impresso, fundamental para o acompanhamento das atividades para aquelas famílias com dificuldades para acessar as aulas virtuais. Assim, os estudantes que não têm acesso fácil à internet, ou até mesmo a um computador ou a um celular, não conseguem realizar as atividades, que estão sendo encaminhadas pelo WhatsApp. 

Nem mesmo a equipe de direção e o corpo docente estão presentes nas dependências da instituição de ensino. Inclusive, a reportagem do Palhocense esteve no local, mas não conseguiu entrar. 

A escola, que é uma das maiores localizadas na Ponte do Imaruim, é estadual. A Secretaria de Estado da Educação enviou nota afirmando que a Coordenadoria Regional de Florianópolis recebeu o pedido para a execução de serviço emergencial da escola Claudete Hoffmann no dia 5 de abril, “devido a problemas de vazamentos hidráulicos que transbordaram a fossa”. “Foi constatado que a escola necessitava da contratação de uma empresa ‘caça vazamentos’ para aferir de onde vem o vazamento que transborda o esgotamento sanitário, além da contratação de uma empresa para limpeza da fossa”, informa a nota. 

De acordo com a secretaria, a contratação emergencial encontra-se em fase final de licitação e a execução do serviço para a resolução do problema deve iniciar ainda esta semana, a fim de que os alunos retornem ao ensino presencial com toda segurança. Por enquanto, ainda não há uma estimativa de prazo para a conclusão dos trabalhos ou para o reinício das aulas presenciais.

* Sob a supervisão de Alexandre Bonfim



Galeria de fotos: 2 fotos
Créditos: DIVULGAÇÃO DIVULGAÇÃO
Veja também:









Mais vistos

Publicidade

  • ea73bab336bac715f3185463fd7ccc14.jpg