f8cd4f6b92c2fc70f0e82ac7e1a42880.jpg Vacinação em SC: estado ultrapassa 5 milhões de pessoas com esquema vacinal completo

1069b9477a3a0d2f867498dc62b62e0e.jpeg Campanha quer melhorar autoestima de mulheres em situação de vulnerabilidade

5f9a9fdb32314194b4a64723f76fca64.jpeg Membros da comunidade se mobilizam para preservar vegetação na Pedra do Urubu

de47197475943f65b8890285981920fa.PNG Inspirada por Nelson Rodrigues, escritora de Palhoça lança livro de contos

c64875ae6408469efef36af9aa564775.jpeg ViaCatarina recebe mais uma edição da Feira do Artesanato

9570bba7c4646e5c724a73492d325f77.jpeg Produzido em Palhoça, EP de estreia de Yaju está disponível nas principais plataformas digitais

d6d50a1ca4d89a2580356c2c407d6130.jpeg Atletas da FMEC conquistam medalhas no Brasileiro de taekwondo

27e11cacd416c88131ac3f88f6e81065.jpg Copa do Mundo de Amadores contará com dois times de Palhoça

06dcb5028c047a5c6a4971990792762d.jpeg Halterofilismo: Rogério Anderle é campeão no Sul-Brasileiro 2021

b056d29d794b5e1bd70c65f106382a3b.jpg Governador Carlos Moisés abre a 60ª edição dos Jasc e destaca investimentos históricos no esporte

Projeto da Unisul recebe prêmio estadual

Prêmio Empresa Cidadão foi concedido à universidade em virtude do programa Ciência Móvel

6498f650f33e2669a7380c10952258f6.jpg Foto: DIVULGAÇÃO


A Associação dos Dirigentes de Vendas e Mar­keting de Santa Catarina (ADVB/SC) divulgou a lista das empresas vencedoras do Prêmio Empresa Cidadã 2018. A Unisul é uma das vencedoras do prêmio, com o case Ciência Móvel, na categoria Preservação Ambiental.

O projeto Ciência Móvel promove gratuitamente a ciência e a educação ambiental em escolas públicas, com o objetivo de apresentar soluções sustentáveis para problemas ambientais. “As pesquisas e conhecimentos gerados em cursos como os das engenharias Ambiental e Sanitária, Química, Civil, Produção, Elétrica, além do Mestrado em Ciências Ambientais, dentre outros, vêm corroborando para a realização de inovações como são constatadas neste case premiado”, conforme destacou o pró-reitor Hércules Araújo.

Durante as visitas realizadas às escolas, em um veículo adaptado, uma equipe de docentes e discentes da Unisul realiza oficinas e protótipos com temática ambiental. As atividades do projeto se concentram no envolvimento dos estudantes do Ensino Médio em demonstrações que possibilitam visualizar conceitos de ciência ambiental e princípios básicos de ciências exatas (Química, Física e Matemática) no reaproveitamento de resíduos para produção de novos produtos com valor agregado.

A professora Anelise Cubas, coordenadora do projeto, explica que além da demonstração do funcionamento dos experimentos, os alunos são colocados em contato com os materiais produzidos, inclusive ajudando na fabricação de alguns, como o biofilme, o sabão, o óleo essencial e o biodiesel. “Até o momento, mais de 2.500 estudantes visitaram o Ciência Móvel, sendo que mais que 300 alunos com idade entre 14 e 17 anos participaram efetivamente das oficinas, alunos estes que foram convidados a responder um questionário avaliativo no término da oficina. Diante dessas práticas, 76,15% dos estudantes afirmaram que o projeto ajuda a compreender a importância da separação dos resíduos e 80,21% deles entenderam que a oficina os ajudou a perceber que é possível obter novos produtos a partir dos resíduos. De acordo com os resultados obtidos, observou-se que 96,02% dos alunos gostaram de conhecer o projeto e 96,7 % gostaram de participar das oficinas”, informa. 

A professora Anelise acrescenta que levar a universidade para dentro dessas escolas trouxe ganhos bilaterais: estudantes das escolas, além de se beneficiarem com os conhecimentos adquiridos com as oficinas, também começam a vislumbrar a universidade como uma possibilidade de futuro, e os estudantes e professores da universidade se enriquecem com projetos de extensão comunitária, trabalhando questões sociais que ajudam na formação mais completa de seus alunos, pois além de se tornarem engenheiros, eles são cidadãos.

Para o reitor na Unisul, professor Mauri Luiz Heerdt, este prêmio, em primeiro lugar, mostra a vitalidade da universidade, dos professores e dos pesquisadores, que não medem esforços para fazer sempre o melhor. “Esse prêmio representa toda a nossa dimensão comunitária. Nós recebemos essa premiação como empresa cidadã que impacta na vida das pessoas com o projeto Ciência Móvel. Portanto, mostra que hoje nós somos comunitários por um projeto de inovação”, reflete o reitor.

 

O prêmio

O Prêmio Empresa Cidadã da Associação dos Dirigentes de Vendas e Marketing de Santa Catarina (ADVB/SC) possui as categorias: Preservação Ambiental, Participação Comunitária, Desenvolvimento Cultural, Categoria Social e MPE

Os cases foram avaliados por professores de Marketing da Escola Superior de Propaganda e Marketing (ESPM)

Há 20 anos, a premiação reconhece empresas que se destacam na realização de projetos que promovem cidadania e responsabilidade social no Estado

A premiação, que está na 20ª edição, teve recorde de inscrições neste ano

O prêmio será entregue no dia 23 de agosto, em cerimônia no Lira Tênis Clube, em Florianópolis

Com uma vida inteira dedicada às causas sociais, Alice Kuerten, presidente do Instituto Guga Kuerten há mais de 15 anos, é a embaixadora dessa edição especial de 20 anos do Prêmio Empresa Cidadã



Galeria de fotos: 3 fotos
Créditos: DIVULGAÇÃO DIVULGAÇÃO DIVULGAÇÃO
Tags:
Veja também:









Mais vistos

Publicidade

  • ea73bab336bac715f3185463fd7ccc14.jpg