Moradora de PH participa do Miss Tattoo Floripa

Tatuadora Flavia Daldegan é uma das beldades tatuadas que vão desfilar na passarela do Expo Tattoo Floripa

c15ee6bbf5cf562abb3d160fafa93dec.jpeg Foto: ARQUIVO PESSOAL

A tatuadora Flavia Daldegan vai representar Palhoça no concurso Miss Tattoo, um dos eventos mais badalados da Expo Tattoo Floripa, importante feira voltada para o universo da tatuagem que é realizada há seis anos em Florianópolis. A feira também traz atrações musicais, moda, gastronomia e muita diversão.

Um dos momentos mais esperados pelo público é a escolha da Miss Tattoo, que neste ano conta com 20 candidatas na disputa. Uma dessas beldades tatuadas é a moradora do Bela Vista Flavia Daldegan. Flavia nasceu em Curitiba (PR), onde morou 24 anos. Depois, passou um ano em Itapema (SC) e há quatro anos desembarcou em Palhoça, onde desenvolve sua arte, no estúdio Majik, no Caminho Novo. “Em Itapema eu tinha um estúdio, mas era bem fraco o movimento, e as pessoas não me conheciam ainda. Aí, meu marido (na época, estávamos nos conhecendo, ainda) viu um estúdio para eu trabalhar que ficava em São José. E no mesmo mês estava para acontecer a Expo Tattoo Floripa, e eu tive a honra de participar. Foi a minha primeira experiência com evento voltado para a tatuagem, apesar de estar há 10 anos nessa área”, relembra Flavia. “Foi muito diferente! Parecia que estava na Disney, igual criança, vendo pessoalmente os artistas que eu só admirava e acompanhava de longe”, diverte-se.

Flavia conta que participou daquela edição da Expo Tattoo com outros quatro tatuadores do estúdio onde trabalhava e conseguiu fazer cerca de 10 trabalhos nos três dias de evento. “Alguns desses clientes que conheci nesses três dias tenho como clientes e amigos até hoje! E este ano estarei somente no Miss, mas prestigiando também os três dias de evento”, revela.

A tatuadora conta que nunca participou de nenhum concurso relacionado à beleza, mas sempre teve curiosidade. “Pelo prazer de viver aquele momento, ter novas experiências, o que não seria possível no dia a dia. Poder exaltar a beleza da mulher, tatuada ou não, e poder dar esse empoderamento a elas também. Sem falar que, para a minha profissão, será ótimo também, por estar visível e fazer com que mais pessoas vejam meu trabalho”, justifica.



Tags:
Veja também:









Mais vistos

Publicidade

  • Banner-310x260.gif