Covid-19: Palhoça chega a 30 óbitos

Foram quatro mortes registradas desde o último boletim epidemiológico, divulgado na sexta (31)

9fae234d18320da53b562ffb70a8c37a.jpg Foto: ROBSON VALVERDE/SES/DIVULGAÇÃO

Palhoça inicia a semana com o registro de mais quatro mortes provocadas pelo novo coronavírus, chegando ao total de 30 óbitos registrados desde o início da pandemia de Covid-19. Três dos óbitos recentes foram confirmados nesta segunda-feira (3) pela Secretaria Municipal de Saúde: uma mulher de 37 anos, residente no Frei Damião, e dois homens, de 62 e 64 anos, residentes nos bairros Bela Vista e São Sebastião - todos com registro de comorbidade.

Além dessas confirmações, o municipio lamenta, também, a perda da diretora geral de Saúde de Palhoça, Alessandra de Andrade Klettenberg, que estava cedida à Secretaria de Desenvolvimento Econômico, onde era uma das principais auxiliares da secretária Anna Paula Heiderscheidt. Ex-secretária adjunta de Saúde e ex-diretora-presidente da Cohab/SC, Alessandra foi diagnosticada no dia 10 de julho; no dia 15, foi internada no hospital, e no dia seguinte, foi encaminhada à UTI.

Mesmo com todo o esforço médico, Alessandra, que morava no Aririú com o marido, não resistiu às complicações provocadas pela Covid-19 e faleceu nesta segunda-feira (3), aos 42 anos. "Agradeço imensamente o carinho dispensado à nossa amada. Não terá velório, no máximo uma cerimônia para os parentes mais próximos e ainda isso é difícil ser liberado", informou o marido, Adario Rafael. "Palhoça perdeu uma grande pessoa. Sentiremos saudades dos seus sorrisos largos e cativantes, da sua competência, enfim, da sua presença. Nossas condolências aos familiares e amigos", expressou o fundador do jornal Palhocense, João José da Silva.

Nas redes sociais, o vice-prefeito de Palhoça, Amaro Junior (MDB), publicou nota de pesar: "É com pesar que comunico o falecimento da querida amiga Alessandra Klettenberg, a Lelê, servidora da Prefeitura de Palhoça e grande colaboradora do MDB do nosso município. Neste momento de dor, desejo os mais sinceros sentimentos ao esposo, Rafael, família e amigos. Descanse em paz, fique com Deus".

 

Ponte do Imaruim ultrapassa 300 casos

O boletim epidemiológico divulgado na tarde desta segunda-feira (31) informa que Palhoça apresenta 2.754 casos confirmados de infecção pelo novo coronavírus, sendo que 1.594 pacientes já estão recuperados e outros 1.136 seguem sendo monitorados pela Secretaria de Saúde.

O município já realizou, até aqui, 6.039 testes, descartando 2.819 suspeitas - outras 435 pessoas testadas ainda aguardam o resultado dos exames.

Entre os bairros, a Ponte do Imaruim é o primeiro a ultrapassar a marca dos 300 casos confirmados, e o Aririú ultrapassou a marca de 200 casos. Confira na tabela abaixo!


Casos por bairro

306 casos - Ponte do Imaruim
281 casos - Bela Vista
232 casos - São Sebastião
203 casos - Aririú
174 casos - Barra do Aririú
168 casos - Passa Vinte
152 casos - Centro
109 casos - Caminho Novo 
103 casos - Pedra Branca
101 casos - Jardim Eldorado
98 casos - Guarda do Cubatão
90 casos – Pachecos
86 casos – Praia de Fora
82 casos - Rio Grande
78 casos - Pagani
74 casos - Alto Aririú
60 casos - Brejaru
52 casos - Madri
51 casos - Nova Palhoça 
38 casos - Jardim Aquárius e Enseada de Brito
36 casos - Aririú da Formiga
24 casos - Pinheira
23 casos - Frei Damião
20 casos - Passagem do Maciambu 
15 casos - Pontal
14 casos - Furadinho e Vila Nova
8 casos - Praia do Sonho
6 casos - Jardim das Palmeiras
5 casos – Laranjeiras
4 casos - Jardim Coqueiros e Guarda do Embaú
3 casos - Ponta do Papagaio
2 casos – Albardão
1 caso - Jaqueira e Praia do Meio

* Outros 3 pacientes não tiveram o endereço identificado


Santa Catarina registrou 88.889 casos confirmados de infecção pelo novo coronavírus, sendo que 76.909 pacientes estão recuperados e 10.784 continuam em acompanhamento. A doença respiratória causou 1.196 mortes no estado desde o início da pandemia. Com isso, a taxa de letalidade no estado é de 1,35%.

O local com a maior quantidade de infectados registrados é Joinville, que soma 7.750 casos. Na sequência, aparecem Blumenau (5.482), Balneário Camboriú (4.304), Chapecó (3.883), Itajaí (3.823), Florianópolis (3.656), Palhoça (2.759), Criciúma (2.738), São José (2.616) e Brusque (2.565).

A taxa de ocupação dos leitos de UTI pelo Sistema Único de Saúde (SUS) em Santa Catarina é de 82,1%. Isso significa que, dos 1.377 leitos existentes no estado, 246 estão livres e 1.131 estão ocupados, sendo 527 por pacientes com confirmação ou suspeita de infecção por coronavírus.


Quer participar do grupo do Palhocense no WhatsApp?
Clique no link de acesso!
 



Tags:
Veja também:









Mais vistos

Publicidade

  • ea73bab336bac715f3185463fd7ccc14.jpg