Covid: Palhoça tem a primeira cidadã vacinada

A moradora do Morro dos Cavalos Kerexu Yxapyry (Eunice Antunes) recebeu a primeira dose da Coronavac, no fim da tarde desta segunda-feira (18), mesmo dia em que a vacina tocou o solo catarinense

1d059be5e1aa4d724992d1f97be7eeec.jpeg Foto: Flávio Lengruber / Especial jornal Palhocense

Por: Alexandre Bonfim

Palhoça teve sua primeira cidadã vacinada contra a Covid-19 na tarde desta segunda-feira (18). Embora a imunização em solo palhocense só deva começar na quarta-feira (20), a líder indígena do Morro dos Cavalos, Kerexu Yxapyry (Eunice Antunes), representou a população indígena em ato realizado pouco depois das 17h, no Auditório do Instituto de Cardiologia do Complexo Hospitalar de São José.

O repórter fotográfico do jornal Palhocense Flávio Lengruber acompanhou o evento, que oficializou o início da imunização no estado. Ele registrou o momento histórico para o Brasil.

 

Os primeiros catarinenses

O relógio marcava 17h36min, quando o enfermeiro Júlio César Vasconcellos de Azevedo, de 55 anos, morador da Capital, recebeu a primeira dose da vacina em solo catarinense. No ato simbólico, ele representou os profissionais da Saúde, que fazem parte do primeiro grupo a receber a vacina contra a Covid-19.

O josefense João de Jesus Cardoso, de 81 anos, foi o representante dos idosos moradores de asilos no evento de lançamento da imunização no estado. Essa população, que faz parte do grupo de risco, também deve ser imunizada nesta primeira etapa da vacinação.



Veja também:









Mais vistos

Publicidade

  • ea73bab336bac715f3185463fd7ccc14.jpg