c2abafaee81eeb2b9636708c0e29f559.jpeg Brasil Atacadista de Palhoça comemora Halloween na pista de patinação

113e618973b8ebd17fca0d7d47a14e83.jpeg Pescadores de Palhoça terão ajuda para fazer recadastramento nacional

1d1c91a2de87a42ea4b71ebc71dd25e7.jpeg Memória: Palhoça foi campeã estadual de voleibol em 1962

2eaf302353b70bfc90de923594c50904.jpg Elevador especial é doado para auxiliar criança com dificuldade para caminhar

290414776c163caecd307988082d2124.jpeg Começa a pré-produção de “Ferrolho”, filme ambientado na Pinheira

7af56a643841db6a9098b402f3cb2d62.jpeg Irmão falecido há 18 anos assina letra de "Dilema", música de Guilherme Stingler

fd67d75723bfe78bda89f51eaf466587.jpeg Judoca se prepara para representar Palhoça nos Jogos Escolares Brasileiros

52b0d7288e387bb75af6dcd071294308.jpeg Atletas de Palhoça ganham medalhas na Copa Desterro de Jiu-jitsu Profissional

4591eb7458e13b72850d0266561322bb.jpeg Jovens atletas representam Palhoça em competições estaduais

b1389c69ecc88f51f017f24a6510b6da.jpeg Judoca criado dentro do programa Palhoça Esportiva é campeão estudantil

678354f0c4a3c4a0a66e5acc0f97f463.PNG PBec Brasil vence primeira partida oficial como clube profissional


Família perde casa em incêndio e precisa de ajuda

Fogo devastou a residência, que fica no Jardim Eldorado. Veja como colaborar com a família

ab748782fb3fcd4a60597fe71a7bfda3.jpeg Foto: REPRODUÇÃO

Por: Willian Schütz*

Para uma família residente da rua Jerônimo Knoth, no Jardim Eldorado, a semana começou “aterrorizante”, nas palavras da palhocense Sabrina da Silva. Ela e seus familiares foram surpreendidos por um incêndio na tarde do último domingo (2). As chamas se alastraram rapidamente pela residência e consumiram toda a estrutura. 

Nenhuma das quatro pessoas residentes no local se feriu no incêndio, pois todos saíram rapidamente da casa. Contudo, o imóvel foi completamente destruído com o incidente. A família perdeu praticamente todos os seus bens. Para viabilizar a reconstrução da casa, a irmã de Sabrina, Cristiane Vieira, criou uma campanha de financiamento coletivo. Para contribuir, basta acessar o link: bit.ly/3unRFZX. 

“Na hora do desespero, me passou a ideia de pôr nas redes sociais. Se ia dar certo, eu não tinha certeza, está dando”, conta Cristiane, que está contente, pois a “vaquinha” está recebendo doações.

Na casa que ficou destruída, além de Sabrina, viviam: o marido, de 42 anos; o filho, de 12; e uma sobrinha, de 23 anos. Atualmente, eles estão abrigados com familiares, mas as perspectivas de ajuda ainda dão esperanças. “Qualquer ajuda é bem-vinda; não só dinheiro, mas materiais de construção, mão de obra, toalha de banho, roupas de cama e até divulgação”, argumenta Sabrina. 


Momentos de tensão

“Foi aterrorizante perder tudo que nós lutamos por muito tempo para construir, para adquirir, destruído em questão de minutos”, lamenta Sabrina.

O incêndio começou por volta das 13h40 do domingo (2). A residência foi construída em alvenaria e madeira, e tinha uma área total construída de 60 metros quadrados. 

Segundo o Corpo de Bombeiros, as chamas consumiram toda a área da edificação e foram apagadas com a utilização de cerca de 4 mil litros de água, em aproximadamente 40 minutos de operação.

“Até agora, o que foi passado pra gente é que houve um curto-circuito na rede elétrica. O fogo começou no quarto, que, segundo os bombeiros, é a parte mais inflamável da casa, porque tem colchão e travesseiros, que pegam fogo rápido”, relata Sabrina, ainda abalada com o que ela define como “um trauma enorme e uma perda inigualável”.

Todos os quatro familiares estavam em casa durante o incidente. Ninguém se feriu fisicamente, contudo, para enfrentar as dificuldades dos traumas e perdas, eles precisam da solidariedade dos palhocenses.

* Sob a supervisão de Alexandre Bonfim

 

Quer participar do grupo de WhatsApp do Palhocense?

Clique no link de acesso!



Veja também:









Mais vistos

Publicidade

  • ea73bab336bac715f3185463fd7ccc14.jpg