Palhoça registra novo recorde de mortes

Agora, o município contabiliza 232 mortes; 94 óbitos somente em março, o mês mais mortal da pandemia no município

c065fa0895b8303e466da01befb37140.jpg Foto: Mika Baumeister/Unsplash

Pela terceira semana consecutiva, Palhoça registrou um número recorde de mortes provocadas pela Covid-19. Foram 29 novos óbitos, desde a última quarta-feira (24). Agora, o município contabiliza 232 mortes; 94 óbitos somente em março, o mês mais mortal da pandemia no município.

Segundo o Boletim Epidemiológico divulgado às 14h desta quarta-feira (31), 18.821 palhocenses já testaram positivo para o novo coronavírus. Desses, 17.504 pacientes já se recuperaram e 1.085 ainda estão sendo acompanhados pela Secretaria Municipal de Saúde. Outras 340 pessoas ainda aguardam o resultado dos exames.


Vacinação
Palhoça avança na vacinação contra a Covid-19. Os dados apontam que mais de 18.200 pessoas já receberam pelo menos uma dose do imunizante no município. Nesta quarta-feira (31), a Secretaria de Saúde iniciou a imunização em pessoas acima dos 67 anos.

As aplicações para esta faixa etária seguem nesta quinta-feira (1), apesar de ter sido decretado ponto facultativo no município (confira os detalhes abaixo), e também serão ofertadas no sábado (3), sempre das 9h às 16h. A vacinação dá uma pausa apenas na Sexta-Feira Santa (1) e no domingo de Páscoa (4). 

Para se vacinar, é necessário que as pessoas do grupo qualificado compareçam na Estação Palhoça, localizada na rua Santos Dumont, na Ponte do Imaruim, com os seguintes documentos: carteira de identidade ou documento com foto; número de cadastro na Unidade de Saúde; Cartão Nacional do SUS; e comprovante de residência atualizado no nome de quem receberá a vacina.

Vale ressaltar que os familiares de idosos acamados devem entrar em contato com a unidade de saúde dos seus bairros para obter informações sobre o processo de imunização em domicílio.

Na última segunda-feira (29), o Secretário de Saúde do município, Rosiney Horácio, divulgou um vídeo nas redes sociais reforçando que idosos de faixas etárias já atendidas ainda podem se imunizar. Para isso, basta apresentar os documentos necessários no local de vacinação.


O que funciona no feriado
O prefeito de Palhoça, Eduardo Freccia, decretou, na terça-feira (30), a instituição do ponto facultativo nesta Quinta-Feira Santa. A medida segue iniciativa do Governo do Estado.

O Decreto Estadual 1.096, de 13 de janeiro de 2021, definiu como ponto facultativo o dia 1º de abril de 2021, em que será celebrada a Quinta-Feira Santa. Para ajustar o calendário municipal à determinação do Governo do Estado, o prefeito editou o Decreto 2.806, complementando o Decreto 2.737 (publicado em 11 de janeiro, o documento definiu o calendário de feriados no município em 2021) e estabelecendo o ponto facultativo nesta quinta-feira (1) em Palhoça.

Lembrando que a Sexta-Feira Santa, celebrada neste 2 de abril, é feriado nacional (Paixão de Cristo).

Durante este período, serviços essenciais serão mantidos pela Prefeitura de Palhoça.


Serviços essenciais mantidos

Coleta de lixo: o recolhimento de lixo segue normalmente no período. O calendário de coleta está mantido, sem alteração.
Samae: estão mantidos os serviços de abastecimento de água, coleta e destinação dos resíduos sólidos. Outros serviços operacionais de emergência devem ser solicitados pelo telefone 0800-648-4242.
Saúde: estarão com funcionamento normal o Centro de Referência para o Atendimento à Covid-19, a UPA 24 horas (Bela Vista), a unidade de pronto atendimento da Pinheira e o Samu (24 horas).

Na segunda-feira (5), todos os serviços públicos retornam à normalidade.

 

Quer participar do grupo de WhatsApp do Palhocense?

Clique no link de acesso!



Veja também:









Mais vistos

Publicidade

  • ea73bab336bac715f3185463fd7ccc14.jpg