f8cd4f6b92c2fc70f0e82ac7e1a42880.jpg Vacinação em SC: estado ultrapassa 5 milhões de pessoas com esquema vacinal completo

1069b9477a3a0d2f867498dc62b62e0e.jpeg Campanha quer melhorar autoestima de mulheres em situação de vulnerabilidade

5f9a9fdb32314194b4a64723f76fca64.jpeg Membros da comunidade se mobilizam para preservar vegetação na Pedra do Urubu

de47197475943f65b8890285981920fa.PNG Inspirada por Nelson Rodrigues, escritora de Palhoça lança livro de contos

c64875ae6408469efef36af9aa564775.jpeg ViaCatarina recebe mais uma edição da Feira do Artesanato

9570bba7c4646e5c724a73492d325f77.jpeg Produzido em Palhoça, EP de estreia de Yaju está disponível nas principais plataformas digitais

d6d50a1ca4d89a2580356c2c407d6130.jpeg Atletas da FMEC conquistam medalhas no Brasileiro de taekwondo

27e11cacd416c88131ac3f88f6e81065.jpg Copa do Mundo de Amadores contará com dois times de Palhoça

06dcb5028c047a5c6a4971990792762d.jpeg Halterofilismo: Rogério Anderle é campeão no Sul-Brasileiro 2021

b056d29d794b5e1bd70c65f106382a3b.jpg Governador Carlos Moisés abre a 60ª edição dos Jasc e destaca investimentos históricos no esporte

Observação de baleias em barcos é avaliada

Guias de turismo especializados aguardam autorização legal para retomar atividade em Palhoça

1291f646b5cc8ed4771859024884d05f.jpg Foto: PLÍNIO BORDIN/DIVULGAÇÃO

Por: Willian Schütz*

Nesta época do ano, não é incomum que as baleias-francas apareçam nos mares da Grande Florianópolis, inclusive nas paradisíacas praias de Palhoça. Mas avistar esse fenômeno natural não é tão simples, uma vez que a atividade embarcada na região foi proibida em 2013. Contudo, instituições especializadas em turismo ecológico vêm solicitando um parecer sobre o licenciamento ambiental da operação marítima na área de proteção ambiental da baleia-franca. 

É o caso do guia regional de turismo especializado em atrativos naturais e culturais Julio Cesar Vicente, que trabalha há mais de 18 anos com a observação desses gigantescos mamíferos. 

Capacitado em observação turística orientada de baleias pelo projeto Baleia Franca e monitoramento de baleias pelo Instituto Baleia Franca, Julio Cesar afirma que integra uma equipe que conta com cerca de 600 saídas embarcadas e mais de 400 por terra. “A partir da suspensão, em 2013, nós reiniciamos a atividade por terra, com o roteiro Safari Costa Franca, que constitui percorrer vários berçários naturais de baleias e o Santuário Ecológico dos Golfinhos”, introduz.

Dessa forma, apesar da readaptação, o esforço tem sido em poder contemplar as baleias um pouco mais de perto, pelo mar, mas de maneira a não perturbar o animal. E para isso, está sendo protocolado um procedimento junto à APA da Baleia Franca/ICMBio para que a operadora, já cadastrada, receba a autorização para voltar a utilizar suas embarcações.  

Contudo, segundo o Ofício SEI nº 65 da APA, expedido pelos órgãos citados, em julho deste ano, “atualmente, a fim de sanar os impeditivos legais para a realização da atividade em questão, a equipe da APA da Baleia Franca vem envidando esforços junto às prefeituras e o trade turístico para o ordenamento do Tobe, na tentativa de viabilizar o licenciamento ambiental, junto ao órgão licenciador competente”.

Segundo a APA da Baleia Franca, cabe ao ICMbio dar parecer ao Tribunal Regional Federal da 4ª Região (TRF-4), para que o órgão judicial avalie uma possibilidade de autorização direta. Nessa linha, o processo judicial para que a autorização ocorra já foi submetido ao Superior Tribunal de Justiça.

Além disso, embora o ICMBio tenha atendido a determinação judicial com elaboração do Plano de Normatização, Monitoramento, Fiscalização e Controle da Atividade, resta ainda o procedimento de licenciamento ambiental junto ao órgão competente, o Ibama. 

E considerando que a etapa de licenciamento ambiental ainda não foi concluída, a APA da Baleia Franca, em cumprimento da decisão judicial, não está emitindo a autorização para a atividade de turismo embarcado para a observação de baleias. “Nós temos o direito de trabalhar, nós somos operadores, nós contribuímos com a cadeia produtiva do turismo no estado de Santa Catarina, nós indiretamente geramos emprego com a captação de clientes que acabam se hospedando, que acabam se alimentando, que acabam comprando, que acabam obtendo movimentação econômica na região”, completa Julio Cesar Vicente.

* Sob a supervisão de Alexandre Bonfim

Elas estão na área

Confira imagens e o vídeo editado pelo fotógrafo Plínio Bordin, mostrando as nossas ilustres visitantes: https://www.youtube.com/watch?v=9UIT3GhkBrY

 

Quer participar do grupo de WhatsApp do Palhocense?

Clique no link de acesso!



Veja também:









Mais vistos

Publicidade

  • ea73bab336bac715f3185463fd7ccc14.jpg