Polícia Civil faz vistoria no comércio

Fiscalização visa verificar denúncias de descumprimento de medidas de distanciamento social

9e7a47b11091977ac55469ee193a9603.jpeg Foto: DIVULGAÇÃO/POLÍCIA CIVIL

Frequentemente, leitores do Palhocense enviam relatos de aglomerações e desrespeito às orientações governamentais com relação aos cuidados sanitários para reduzir a proliferação do novo coronavírus em vários bairros da cidade. Flagrantes têm sido registrados em supermercados, lojas e espaços públicos.

Nesta quinta-feira (21), a Polícia Civil esteve em vários locais denunciados por munícipes para realizar uma fiscalização. Após denúncias encaminhadas pela Ouvidoria Nacional de Direitos Humanos, onde clientes e funcionários de algumas empresas de Palhoça estariam sendo expostos a risco de saúde devido à Covid-19, o Setor de Fiscalização de Jogos e Diversões da 30ª Delegacia Regional de Polícia, com apoio do plantão da delegacia de Palhoça, visitou as empresas denunciadas no intuído de apurar o descumprimento das medidas de segurança para o combate a doença. "Todas as empresas visitadas demonstraram estar tomando as medidas necessárias para conter o avanço da Covid-19", informa a delegada regional, Michele Alves Rebelo.

A partir da meia-noite de sábado (16) e durante toda a madrugada de domingo (17), a Polícia Militar realizou uma ação para coibir festas em áreas abertas no município. A PM registrou mais de 200 pessoas promovendo baderna; mais de 50 carros com som alto; flagras de motoristas em "visível estado de embriaguez"; menores consumindo bebida alcoólica; e também o consumo de drogas.

Denúncias de descumprimeto ao decreto estadual podem ser feitas pelo número 190, da Polícia Militar, ou através do aplicativo PM/SC Cidadão; na Polícia Civil, a denúncia pode ser feita de forma anônima pelo telefone 181 ou pelo 99153-1054 (WhatsApp).



Tags:
Veja também:









Mais vistos

Publicidade

  • ea73bab336bac715f3185463fd7ccc14.jpg