Polícia prende pai de santo suspeito de estupro

Operação foi da Delegacia de Proteção à Criança, ao Adolescente, à Mulher e ao Idoso de Palhoça (DPCami)

596fbacbbfc1a1a69989493f133eaf35.jpg Foto: DIVULGAÇÃO/POLÍCIA CIVIL

A Polícia Civil de Santa Catarina, por meio da Delegacia de Proteção à Criança, ao Adolescente, à Mulher e ao Idoso de Palhoça (DPCami), deflagrou, na manhã desta quarta-feira (8), operação visando ao cumprimento de mandados de busca e apreensão e de prisão temporária, em desfavor de um homem suspeito de usar sua função de “pai de santo” para estuprar vítimas que participavam das sessões de Umbanda.

Segundo as apurações, o investigado dizia para as ofendidas que estava “recebendo uma entidade” e que essa “entidade” precisava tocar nas vítimas para expulsar os “maus espíritos”.
Duas adolescentes e uma mulher adulta denunciaram o suspeito, e disseram que, quando o investigado percebia que as ofendidas estavam desconfiando dos abusos, esse as ameaçava alegando que faria “macumbas” contra a família das vítimas, caso elas procurassem a polícia.

Uma das adolescentes disse que os estupros ocorreram por meses. Acrescentou ainda que o suspeito fazia as ofendidas ingerir bebidas alcóolicas.

Em interrogatório, o investigado negou todas as acusações e ofereceu sua defesa, que será apurada. Após ser interrogado, o preso foi encaminhado ao sistema penitenciário.

Também foram cumpridos mandados de busca e apreensão, tendo sido apreendidos aparelhos eletrônicos, dos quais serão extraídos dados de possível interesse investigativo.



Tags:
Veja também:









Mais vistos

Publicidade

  • Banner-310x260.gif