Coluna Policial - Edição 687

Preso homem acusado de estuprar uma criança de cinco anos

81c394453040ecb058402a7f2fdd9788.jpeg Foto: DIVULGAÇÃO/POLÍCIA CIVIL

Por: Dienifer Leite

 

PM NA ESCOLA
Policial do Pelotão de Patrulhamento Tático (PPT) do 16º Batalhão de Polícia Militar (BPM), sediado em Palhoça, esteve no colégio Mundo do Saber, no Pagani, para interagir com crianças de quatro a cinco anos. O policial apresentou, de forma lúdica, alguns materiais que os PMs usam no dia a dia - com exceção das armas -, para explicar à criançada como é o trabalho dos policiais e mostrar que eles atuam para proteger as pessoas. O policial também orientou as crianças a não falar com estranhos e a obedecer os pais. O PM comenta que foi muito bem recebido na escola e que teve trabalho para chegar na salinha de aula, porque todas as crianças queriam abraçá-lo e tirar fotos. 

ANIVERSÁRIO DA PM/SC
A sede do 16º BPM, no Centro de Palhoça, recebeu autoridades e convidados, nesta terça-feira (30), para a solenidade de aniversário de 184 anos da Polícia Militar em Santa Catarina. A cerimônia também serviu para oficializar promoções de militares. 

OPERAÇÃO PALHOÇA MAIS SEGURA
Entre quinta-feira (25) e domingo (28), o 16º BPM realizou a Operação Palhoça Mais Segura. Desde o início do ano, o comando do batalhão vem desenvolvendo operações em diversos bairros do município, com o objetivo de reduzir a ocorrência de crimes contra pessoa e patrimônio. Os números indicam uma ligeira redução, especialmente no Pagani, na Barra do Aririú e no Aririú. A PM também mapeou áreas nos bairros Frei Damião, Caminho Novo e Ponte do Imaruim, em que a criminalidade se aproveita da vulnerabilidade social das comunidades. 

TENTATIVA DE HOMICÍDIO
Na noite de domingo (28), ocorreu uma tentativa de homicídio no Nova Palhoça. A vítima, de 25 anos e sem passagens policiais, foi alvejada por dois disparos de arma de fogo; um tiro atingiu o braço, e o outro, o quadril. Segundo a vítima, quatro indivíduos em um Peugeot preto anunciaram um assalto e atiraram. A vítima conseguiu correr e pedir socorro em uma residência próxima. 

CRIMES DE CUNHO SEXUAL
Policiais civis das delegacias regionais de Blumenau, Balneário Camboriú e Palhoça deflagraram, na manhã de terça-feira (30), uma operação contra crimes de pedofilia. Foram cumpridos oito mandados de busca e apreensão, com quatro prisões em flagrante nas cidades de Indaial, Blumenau, Camboriú e Itapema. Também ocorreram apreensões em Palhoça, Gaspar e Balneário Camboriú.

O trabalho de investigação em cada município teve apoio da equipe da Diretoria de Inteligência da Polícia Civil. Os suspeitos estão sujeitos a penas de até oito anos.

Durante o cumprimento dos mandados, os policiais recolheram, com apoio de peritos do Instituto Geral de Perícias, farto material armazenado em HDs, memórias RAM, computadores, máquinas fotográficas, pen drives, cartões de memória e celulares com milhares de imagens e vídeos envolvendo menores e adolescentes.

Em Indaial, foram apreendidos mais de 15 HDs externos com material e indícios de que o suspeito estuprou a irmã e a prima quando as duas eram crianças. O suspeito escondia os HDs dentro de um cofre.

Em Palhoça, a Polícia Civil cumpriu o mandado de busca e apreendeu equipamentos de informática. 


Suspeito de estupro

Também na terça (30), a DPCami de Palhoça prendeu um homem acusado de estuprar uma criança de cinco anos no interior de um veículo, enquanto filmava o crime. Além do estupro, o homem também é suspeito de ter invadido diversas residências para fotografar moradores e se masturbar - ele também se masturbava em vias públicas. Pelo menos cinco vítimas foram identificadas, mas a Polícia Civil acredita que ainda há inúmeras vítimas e elas podem procurar a DPCami para fazer o reconhecimento do suspeito.



Galeria de fotos: 4 fotos
Créditos: DIVULGAÇÃO DIVULGAÇÃO DIVULGAÇÃO DIVULGAÇÃO/POLÍCIA CIVIL
Tags:
Veja também:









Mais vistos

Publicidade

  • Banner-310x260.gif