Espetáculo movido a compaixão

Theatro dos Bonecos volta a se reunir para um show especial, em benefício de paciente em tratamento contra o câncer

f2b84ecdc022bb6547d089af2a59ac75.JPG Foto: ALEXANDRE JBS/ARQUIVO JPP

O Theatro dos Bonecos vai reunir artistas de diferentes timbres e nuances em um show especial nesta terça-feira (11), às 21h, no palco do Teatro Ademir Rosa, junto ao Centro Integrado de Cultura (CIC), em Florianópolis. O espetáculo, recheado de participações pra lá de especiais, com mais de 30 artistas no palco, vai ter a renda revertida para o custeio do tratamento de saúde da palhocense Aline Martins, que luta contra um câncer.

Aline, inclusive, vai participar de um dos atos mais emotivos do espetáculo. Ela vai interpretar a canção “Gentileza”, da cantora Marisa Monte, acompanhada pelo pai, Cidão França, um dos músicos mais reconhecidos da história de Palhoça e integrante da trupe do Theatro dos Bonecos. É a primeira vez que pai e filha se apresentam juntos no palco, e vai sobrar emoção. “Ela gosta muito desta música, então eu tirei e vamos fazer a música, só um violão, eu e ela”, conta Cidão.

O “casting” de artistas que se dispuseram a subir ao palco para ajudar neste show de solidariedade tem nomes como o maestro e saxofonista Maycon de Souza; o tradicionalista Ricardo Portto; a cômica performer Mônica Prim e sua impagável “Dona Maricotinha”; Renato Pinho, um dos líderes da banda Combat (que volta a se reunir para gravar um DVD em julho); Chico Avohai, conclamado cover de Zé Ramalho; Maka Ferreira, do NósNaldeia; Nathan Malagoli e seu groove inconfundível; e o mágico gringo Sandro Spingolon. Todos unidos por uma nobre causa. “A iniciativa, na verdade, partiu desde quando eu fiz o show da Pietra (Pietra Silveira, jovem modelo palhocense que também enfrentou um câncer, aos 13 anos de idade), e aí surgiu a oportunidade de fazer pela Aline. O Theatro dos Bonecos, agora, em teatro, vai ser sempre em prol da saúde de alguma pessoa, porque rico a gente não vai ficar, mas a generosidade bate à porta da gente todo dia”, expressa o músico Wando Cunha, um dos idealizadores do Theatro dos Bonecos. “A Aline é amiga nossa, mas não é só por ela, outras pessoas terão a oportunidade de serem ajudadas, porque o remédio é muito caro, é um tratamento muito cruel. E não é só pela grana: pelo fato de ter tantos artistas ali em prol daquela pessoa, já mexe com a autoestima, a pessoa já eleva o pH de alegria dela lá em cima”, comenta Wando.

Para Aline, toda esta movimentação é uma bênção. “De sinceridade, eu não esperava este show para mim, foi uma surpresa”, conta a palhocense, que “nasceu com a música, no meio da música”. Foi batizada assim porque seu pai ganhou um festival de música ao 17 anos interpretando a música “Aline”. “Quando eu nasci, ele cantava e tocava violão para mim. ‘Aline do Papai, tu és coisa querida’”, relata.

Aline conhece a grande maioria dos artistas que subirão ao palco na terça-feira, o que trará um contexto emocional ainda maior ao espetáculo. “Meu Deus, vai ser uma emoção só, nem vou usar maquiagem”, diverte-se a palhocense. “Será um espetáculo lindo para todas as idades, uma homenagem que vou guardar para vida! Por toda minha vida. É muita gratidão. Não posso morrer do coração, para poder agradecer a todos”, brinca.

Quem quiser acompanhar o espetáculo, pode pegar uma “carona”. A organização do evento vai oferecer serviço de transporte de ida e volta até o CIC. A saída será às 20h, do Supermercado Santos, no Centro de Palhoça, e com volta ao fim do espetáculo. O valor é de apenas R$ 12. Serão utilizados ônibus de turismo e vans e as vagas são limitadas a cerca de 130 lugares. Telefone para contato e reserva: 99672-2737.

 



Tags:
Veja também:









Mais vistos

Publicidade

  • Banner-310x260.gif