Editorial - Edição 757

No vale da utopia política

As costuras políticas não feitas nos últimos quatro anos foram alinhavadas com pressa nas últimas horas, antes do fechamento desta edição. Reuniões, ligações, postagens e muita especulação permearam as alianças feitas e desfeitas entre as siglas que pretendem assumir a gestão municipal do Executivo e do Legislativo da cidade.
Teve de tudo: casamento anunciado e desfeito e uniões tidas, até então, como improváveis sacramentadas. Esses fatos nos fazem pensar na dinâmica partidária do Brasil. Há alguns anos, percebemos o enfraquecimento na chamada ideologia partidária. Nossos políticos pulam de galho em galho, passando a defender argumentos que antes rechaçavam.
Se você não tem estômago para cenas fortes, caro leitor, uma dica: um isolamento de 60 dias no Vale da Utopia lhe cairia bem. Tudo indica que teremos pela frente as eleições mais pesadas, para não dizer nojentas, de todos os tempos. Há roteiros de intrigas, traições, mentiras e revelações guardados nas gavetas dos chefões da política municipal.
Dependendo das alianças e do material usado para cunhá-las, verdades e mentiras serão lançadas ao vento e nas nuvens digitais. Segure-se na cadeira, porque vão começar as eleições 2020! Desconfie de tudo e valorize o seu voto!



Publicado em 17/09/2020 - por Palhocense

btn_google.png btn_twitter.png btn_facebook.png








Autor deste artigo


Mais vistos

Publicidade

  • ea73bab336bac715f3185463fd7ccc14.jpg