03066bf794a14ea915fce1a765736d82.jpeg Antigo Paço Municipal está sendo reformado para receber a Casa da Cultura

de9e6360e2a7d056ac81e4c570bac2b4.jpeg Empresários recebem palestra sobre colaborador na modalidade PJ

b9ed51804a38497e3d713e4b85a0b9ff.jpeg Outubro Rosa: voluntários organizam pedal de conscientização

6ce5fa3101a7024c779d8506147a16f1.jpeg Irmãs palhocenses produzem e doam “naninhas” para crianças das escolas públicas

4591eb7458e13b72850d0266561322bb.jpeg Jovens atletas representam Palhoça em competições estaduais

b1389c69ecc88f51f017f24a6510b6da.jpeg Judoca criado dentro do programa Palhoça Esportiva é campeão estudantil

678354f0c4a3c4a0a66e5acc0f97f463.PNG PBec Brasil vence primeira partida oficial como clube profissional

5e23d8c4a62a022f340e9d6aa9d81f61.jpeg PBec Brasil completa 11 anos de história no futebol palhocense

e228afe0fbb6efb4982272fb3b076d56.jpeg Tocha se destaca em reestreia do Campeonato Paranaense de BMX


Coronavírus: Fiesc mobiliza fundo empresarial

Proposta é auxiliar na aquisição de equipamentos hospitalares como o ventilador mecânico pulmonar e de material de prevenção, bem como buscar soluções no âmbito da economia

fc8f8db22e8fb6d83d6f674d80f6fd48.jpg Foto: REPRODUÇÃO

A Federação das Indústrias (Fiesc) está estruturando o Fundo Empresarial para Reação Articulada de Santa Catarina Contra o Coronavírus, uma mobilização de pessoas, empresas e organizações para o enfrentamento do novo coronavírus. A proposta é obter apoio financeiro ou operacional para ações relacionadas à aquisição, por exemplo, de ventiladores mecânicos pulmonares e outros equipamentos para os hospitais do estado, além de produtos de proteção individual e familiar. Outra frente prevê ações no âmbito da economia da crise, que envolvem sistemas e soluções que contribuam para o trabalho em casa, operação segura da indústria e geração de novos negócios. 

O presidente da Fiesc, Mario Cezar de Aguiar, informa que o setor empresarial trabalhará de forma articulada com o governo do estado e cita o exemplo dos ventiladores mecânicos pulmonares, como estratégia de suporte às pessoas atingidas pela Covid-19, a doença causada pelo novo coronavírus. “Este é um dos recursos mais importantes para o combate aos efeitos do vírus, pois é um equipamento vital para aqueles que apresentarem os sintomas mais graves da doença”. A operacionalização para ampliar a disponibilidade de equipamentos hospitalares e material de prevenção envolve quatro estratégias, que são a identificação e apoio à manutenção de máquinas que estejam fora de operação, apoio técnico à ampliação da produção por fabricantes nacionais, adaptação e aperfeiçoamento de equipamentos similares e importação de produtos acabados. Outra forma de cooperação das empresas é a utilização de espaços físicos para a instalação de centros de triagem. 

“Esperamos contribuir para um desfecho positivo, contando sempre com a colaboração dos empresários nas ações para a superação desse desafio gigantesco que ameaça nossas famílias, Santa Catarina, o Brasil e o mundo”, disse Aguiar.

 

Conheça as frentes de ação do Fundo

Os projetos a serem apoiados pelo Fundo Empresarial para Reação Articulada de Santa Catarina Contra o Coronavírus serão divididos em três categorias

1. Soluções de prevenção e combate à disseminação do vírus e proteção das pessoas -  contemplando equipamentos e sistemas de proteção individual e familiar na forma de materiais, produtos, objetos, equipamentos e sistemas que protejam as pessoas do contato ou contaminação com o novo coronavírus (exemplos: máscaras, luvas, álcool gel, equipamentos de higienização, produtos de desinfecção, sistemas de logística para proteção de organizações, sistemas de segurança, entre outros).

2. Soluções tecnológicas de combate à doença já instalada - contemplando o conjunto de equipamentos, ferramentas e sistemas que contribuam para o enfrentamento das doenças em casas, hospitais e unidades de tratamento intensivo. Neste caso destaca-se claramente o “ventilador mecânico pulmonar”, fundamental na fase aguda da doença; 

3. Economia da crise - outras soluções para manutenção da economia e bem-estar das pessoas isoladas - tecnologias, sistemas e outras soluções que contribuam para o trabalho em casa, a operação segura de indústrias, a criação de novos negócios e outras solução de problemas não contemplados nos itens anteriores. 

 

A Fiesc criou uma conta corrente para o recebimento dos recursos financeiros doados. A entidade também está montando um sistema de governança composto por um conselho de doadores e contribuintes, que fará as auditorias e estabelecerá as regras de operação. Além disso, a entidade busca parcerias com as esferas de governo, para a consecução dos projetos e para negociar isenções fiscais para as operações do fundo. Também devem ser estabelecidas formas de cooperação com organizações da sociedade civil, como a Associação Catarinense de Medicina (ACM). Um aspecto central é que o fundo será organizado com uma estrutura flexível, ágil, multilateral e institucional de maneira a executar o objetivo proposto de forma desburocratizada, transparente e juridicamente consistente.

Informações bancárias para depósito

Banco: 085 Cooperativa Central Ailos
Agencia: 0105
Conta: 19.273-2
Nome: Federação das Indústrias de SC
CNPJ: 83.873.877/0001-14



Tags:
Veja também:









Mais vistos

Publicidade

  • ea73bab336bac715f3185463fd7ccc14.jpg