6756091277b19aec741476bf3383d218.jpeg Procon de Palhoça faz fiscalização durante a Black Friday

463cab5085e3cf66cc9b7a5ac915fa9f.jpeg Educação financeira é tema de palestra no Grupo Escolar Pequeno Príncipe

fdf68269a8e4b0bd140c2b3adb49294f.jpg Covid-19: como fica a vacinação nesta segunda-feira (29)

9570bba7c4646e5c724a73492d325f77.jpeg Produzido em Palhoça, EP de estreia de Yaju está disponível nas principais plataformas digitais

2910c210c06278259818c0385bdd8292.jpg Com abertura do Natal Esperança e Luz, clima de festa e solidariedade está oficialmente no ar

d0b134827f35daf7aebcf6873196c5e8.jpg Programa O Balaio estreia e já está disponível em podcast

5204d1e2f0653103f606bbe8f0cd5e45.jpeg Abertura do Natal Esperança e Luz será na quarta-feira (24)

27e11cacd416c88131ac3f88f6e81065.jpg Copa do Mundo de Amadores contará com dois times de Palhoça

06dcb5028c047a5c6a4971990792762d.jpeg Halterofilismo: Rogério Anderle é campeão no Sul-Brasileiro 2021

b056d29d794b5e1bd70c65f106382a3b.jpg Governador Carlos Moisés abre a 60ª edição dos Jasc e destaca investimentos históricos no esporte

39351c576fb8b35178ba2bf59c2ccfc4.PNG Árbitros palhocenses participam de megaevento de vôlei de praia em Itapema

Jean Negão discute mudanças no Código Tributário

Vereador questiona projeto de lei complementar do Executivo

22f46ed0de6364486d020f002d8e3c9e.jpg Foto: DIVULGAÇÃO

O vereador Jean Negão se posicionou na tribuna da Câmara sobre o Projeto de Lei Complementar Nº 0073/2019, de autoria do Executivo Municipal, que altera o Código Tributário Municipal. Para ele, embora o projeto possua pontos positivos, como o que beneficia a empresa que trabalha com mais de uma atividade, existem alguns pontos que deveriam ser amplamente discutidos, já que, segundo ele, oneram ainda mais a carga tributária para os empresários palhocenses.

Um dos itens do projeto que, segundo Jean Negão, precisa ser melhor avaliado é o que reza sobre a taxa de fiscalização de publicidade, como outdoors, painéis eletrônicos, placas de rua, totens, publicidade comercial, panfletos, entre outros. “Quem é que vai pagar R$ 1,5 mil para poder fazer panfletagem pela cidade?”, pergunta o vereador.

Para Jean, a Prefeitura vai acabar dificultando ainda mais a vida de quem impulsiona a roda do crescimento do município e gera emprego, que é a classe empresarial, dizendo ainda que o projeto do Executivo está indo na contramão do que vem sendo adotado pelo governo federal. 



Tags:
Veja também:









Mais vistos

Publicidade

  • ea73bab336bac715f3185463fd7ccc14.jpg