2bcce634871ed1468e7351608bbebb70.jpg Vacinação em SC: Estado distribui doses nesta terça para vacinar adolescentes contra a Covid-19

df6918034d4114166d85ee70d1d48414.jpg Cerca de 4 mil beneficiados do SC Mais Renda ainda não buscaram seus cartões

24ad3550b5edf4882c4dd519fdf7be25.jpeg SC Transplantes registra recuperação em número de doações de órgãos

dbcd3da33f56f29f2f6a7dcf20c532df.jpg Palhoça é a primeira cidade de SC a concluir o programa Salto em 2021

cea913637f9993044e2d593d2c8c58a5.jpeg Professor de Ecologia e Oceanologia aborda exploração de petróleo

5e23d8c4a62a022f340e9d6aa9d81f61.jpeg PBec Brasil completa 11 anos de história no futebol palhocense

e228afe0fbb6efb4982272fb3b076d56.jpeg Tocha se destaca em reestreia do Campeonato Paranaense de BMX

72f487649eea6e06499c8aad717c7939.jpg Rodada do Campeonato Palhocense de Juniores é cancelada por suspeita de Covid-19

fb7c595c0003a6d5a1d67ae4342a585b.jpeg Apostando em jovens talentos, Guarani encerra Série B em quinto lugar

5d4a40de45338ded326da1392547a49a.jpeg Paratleta de Palhoça é homenageada por participação em Tóquio


Palhoça tem novo time profissional de futebol

Pedra Branca Esporte Clube se prepara para disputar a Série C do Campeonato Catarinense

96caab2f8fd11e5baaf4aabb66c68e71.jpeg Foto: DIVULGAÇÃO

Por: Willian Schütz*

Em julho de 2010, três amigos se uniram para criar uma escolinha de futebol no bairro Pedra Branca. Com o aumento da demanda, o projeto se transformou na Associação Desportiva Cultural Recreativa Pedra Branca, apelidada de Pedra Branca Esporte Clube (PBec). Quase 11 anos depois, o agora chamado PBec Brasil se transforma no segundo time profissional de Palhoça, ao lado do Guarani. Enquanto o Bugre treina para disputar a Série B do Estadual, o PBec já está se preparando para encarar a terceira divisão do Campeonato Catarinense.

A confirmação da equipe palhocense na Série C ocorreu no dia 19 de maio, quando o presidente do clube, Paulo César Matias (Paulinho), visitou a sede da Federação Catarinense de Futebol (FCF). Na ocasião, Paulino foi recebido pelo presidente da Federação, Rubens Angelotti. Quem também participou da reunião foi Carlos Fernando Crispim, que é diretor de competições especiais da FCF.

Ainda em clima de comemoração, na sexta-feira (21), PBec Brasil e Guarani mediram forças no Estádio Agicé Nazareno Amorim, no Jardim Eldorado, marcando o histórico primeiro encontro de dois times profissionais de Palhoça. O jogo terminou empatado em 1x1. 

Com estreia no Estadual marcada para setembro, o time profissional do PBec Brasil segue treinando, comandado pelo técnico André Luís Amorim. Já os times sub-17 e sub-20 do projeto estão disputando a Copa Metropolitana e estão no pelotão de frente na tabela de classificação, nas duas categorias.


Das bases para o profissional

Para chegar ao ponto atual, foi preciso muito trabalho e diversas adaptações. No mesmo ano da fundação, o projeto já atendia cerca de 120 crianças. Com isso, criou-se o time de competição. Então, as equipes da escolinha do Pedra Branca Esporte Clube e o time PBec começaram a participar das competições municipais. 

Foi questão de tempo para as jovens equipes conquistassem diversos títulos. Entre eles, destacam-se o tricampeonato municipal sub-16 e a Copa Palhoça de Futebol/SC 2019, nas categorias sub-15 e sub-17.

Logo, com as equipes embaladas, o PBec despontou a participar de competições em outros estados, como Paraná, São Paulo e Rio Grande do Sul. Nesses anos de trabalho, a iniciativa já passou por cerca de 30 campeonatos.

Além da equipe profissional, atualmente o clube treina jovens de 12 a 17 anos no campo da Aerpi, na Ponte do Imaruim, onde os jogadores participam de treinos físicos e táticos. 

Há, ainda, uma filial do Pedra Branca Esporte Clube localizada na Capital. Os atletas do núcleo de Florianópolis treinam no campo localizado ao final da PC3, na junção com o bairro Jardim Atlântico. 

Nessa dinâmica, o projeto já revelou atletas que partiram para atuar em clubes como Joinville, Guarani, Avaí, Figueirense, Coritiba e São José-RS. 


Em busca de apoio

Além da preparação dos atletas, o PBec Brasil está em busca de apoio de patrocinadores para disputar a Série C. Segundo Paulinho, atualmente, o time se mantém principalmente com o apoio dos pais dos jogadores. “Não temos nenhum ‘patrocinador master’, nenhuma grande empresa que nos ajude a manter esses planos”, afirma, dizendo que os sonhos agora são planos, que precisam ser apoiados. “Por isso, estamos atrás de investidores, patrocinadores”, enfatiza.

Ainda de acordo com o presidente, o time profissional de futebol tem o objetivo dar continuidade ao trabalho social. “Ele é um trabalho de rendimento. E vamos jogar nas competições profissionais literalmente com atletas da nossa base; com atletas em torno dos 21 anos. A ideia é colocar esses jovens atletas na vitrine do futebol nacional”, argumenta o presidente do PBec Brasil.

* Sob a supervisão de Alexandre Bonfim

 

Quer participar do grupo de WhatsApp do Palhocense?

Clique no link de acesso!



Galeria de fotos: 2 fotos
Créditos: DIVULGAÇÃO DIVULGAÇÃO
Veja também:









Mais vistos

Publicidade

  • ea73bab336bac715f3185463fd7ccc14.jpg