Prefeito eleito faz projeções para a gestão

Em conversa com o Palhocense, Eduardo Freccia (PSD) fala sobre a composição do novo governo e detalha como devem ser os trabalhos a partir do ano que vem

3034bf37f16b48b7ae82bab1f75ca9fc.jpg Foto: Adriel Douglas

Com 36,71% dos votos, as urnas apontaram Eduardo Freccia (PSD) como o novo prefeito de Palhoça, no último domingo (15). O candidato teve uma vantagem de 12.845 votos sobre o segundo colocado, Luciano Pereira (Avante), que está terminando seu primeiro mandato na Câmara de Vereadores. 

Luciano Pereira alcançou um expressivo índice de 20,32% dos votos. Em seguida, ficaram os candidatos Coronel Ivon (PSL, com 17,47%), Repórter Sérgio Guimarães (PL, com 15,77%), Jean Negão (Patriota, com 4,41%), Rangel Medeiros (PSol, com 3,17%) e Jailson Rodrigues (PT, com 2,15%).


Conheça o novo prefeito 
Eduardo Freccia é ex-secretário de Infraestrutura e Planejamento da gestão de Camilo Martins (PSD), de quem é considerado braço direito. Embora seja natural do interior do estado, o futuro prefeito mora há mais de 20 anos em Palhoça, onde estudou, trabalhou e criou sua família.

Eleito aos 37 anos, Freccia é professor universitário da Uniasselvi e pós-graduado em Gestão Empresarial, com foco em gerenciamento de projetos. Na campanha eleitoral, trabalhou junto com o candidato a vice-prefeito Amaro Junior, do MDB, que já exercia a função executiva no governo de Martins.

Em entrevista exclusiva ao jornal Palhocense, Eduardo Freccia falou sobre as projeções do governo, possíveis alterações no secretariado e antecipou, ainda, como deve ser o enfrentamento da pandemia da Covid-19, a partir de janeiro.

Jornal Palavra Palhocense - Como você avalia o resultado das urnas?
Eduardo Freccia - Com muita alegria e também com muita responsabilidade. Feliz em receber 28.776 votos de confiança por nosso trabalho desenvolvido nos últimos anos com o prefeito Camilo, mas também com a convicção de que, a partir de 1º de janeiro, sou prefeito de todos os palhocenses. Temos uma cidade em franco desenvolvimento, que precisa de muito trabalho e dedicação para resolver seus problemas. Junto com os vereadores, entidades empresariais e de classe, sociedade civil organizada, da classe política e principalmente da população, vou me dedicar de corpo e alma para fazer de Palhoça um lugar ainda melhor para viver, uma cidade de oportunidades, que respeita e acolhe a todos da melhor forma possível. Tenho, sob meus ombros, a responsabilidade de ter sido contratado prefeito pelos próximos quatro anos, e com toda certeza farei o melhor trabalho possível.

JPP - Já está pensando na composição do secretariado ou só vai fazer isso no ano que vem? A intenção é manter a maioria ou terá muitas mudanças?
Freccia - Já iniciamos o processo de montagem da composição do governo, conversando e dialogando para encontrar os melhores e mais qualificados quadros para assumirem suas pastas e dar os resultados que a população tanto quer. Pretendemos em breve encaminhar para a Câmara de Vereadores uma reforma administrativa que vise à melhoria dos serviços públicos, reduzindo a burocracia e que dê capacidade da Prefeitura em atender o cidadão de forma mais ágil e eficaz. A Prefeitura deve prestar o melhor atendimento ao cidadão, pois é ele quem nos contratou para administrar o dinheiro arrecadado pela cidade. No momento certo, anunciaremos nossa equipe de trabalho.

JPP - Dos 17 vereadores eleitos, 14 fazem parte da sua coligação, “Palhoça Avançando Ainda Mais”. Isso deve dar força ao governo?
Freccia - Iremos tratar os vereadores com o devido respeito, pois eles, assim como eu, foram contratados para administrar a cidade. O que a população quer é resultado, não brigas políticas. Vamos conversar com a Câmara de forma cordial, respeitando a independência do poder Legislativo e com o entendimento de que o vereador é o representante do povo, que, além de fiscalizar o Executivo, também deve propor soluções para o desenvolvimento da cidade. Palhoça se desenvolveu muito nos últimos anos, e tenho que reconhecer o trabalho e a liderança do prefeito Camilo, que teve a habilidade para conversar com a Câmara para obter o apoio necessário para aprovar as leis que melhoraram a vida dos cidadãos. É com esse pensamento que quero governar.

JPP - Quais serão as principais medidas a tomar?
Freccia - Em um primeiro momento, vamos dar continuidade aos serviços públicos, pois a cidade não pode parar. Já temos um planejamento iniciado para os próximos 10, 20, 30 anos. Temos grandes problemas estruturais que precisam ser implementados para que a cidade não seja refém, no futuro, da falta de ação do nosso presente. Saneamento, macrodrenagem, transporte público, mobilidade urbana, dentre tantos outros problemas devem ser analisados para encontrar a melhor e mais rápida forma de serem executados. Além disso, devemos rever a gestão administrativa da Prefeitura, encontrando maneiras de desburocratizar o serviço público, tornando mais ágil e confiável o atendimento da população, como uma ligação de água ou o conserto de um buraco de rua. Somente com muito trabalho e planejamento vamos alcançar nossos objetivos.

JPP - Na campanha, você mencionou a construção de uma maternidade, do hospital universitário, além da licitação do saneamento básico e da efetivação da guarda municipal. Há outras grandes metas da gestão? 
Freccia - Temos um grande trabalho pela frente e sabemos dos desafios a serem implantados. Neste último ano, contratamos o projeto da maternidade, e tão logo finalize, vamos atrás dos recursos para iniciar a obra. O povo palhocense merece e pede há muito tempo por essa maternidade e vamos realizar o mais breve possível. O prefeito Camilo iniciou a conversa com a Unisul para implementação de um hospital universitário em nossa cidade e vou continuar essa conversa, pois é um pedido dos moradores de nossa cidade e uma necessidade de levar mais saúde para os palhocenses.
Em relação ao projeto de esgotamento sanitário, levamos mais de seis anos para desenvolver o projeto e encaminhar o processo de concessão para o Tribunal de Contas dar o aval e podermos licitar esse serviço de vital importância para nossa cidade, pois vai trazer mais qualidade de vida e saúde para os moradores, além de proteger o meio ambiente, nossos rios e praias, que possuem um potencial turístico imenso.

A Guarda Municipal será efetivada no próximo ano, trazendo mais segurança aos nossos moradores. A segurança pública é dever do governo do estado, e, mesmo com os esforços das forças policiais, o crime está cada vez maior nas cidades brasileiras. A criação da Guarda Municipal é mais uma contribuição da Prefeitura, que tem um só objetivo: levar mais segurança a nossa população.

Vamos planejar a cidade, principalmente na questão da mobilidade urbana e do transporte público. Palhoça é uma cidade peculiar, pois é cortada pela BR-101 e pela BR-282, além de estar limitada territorialmente pelo mar. Com o aumento da população, o número de carros também aumentou e as nossas vias não comportam mais esse incremento de veículos. A demora na finalização do Contorno Viário torna o nosso trânsito um grande problema. É preciso criar novas rotas interbairros, planejar o transporte público de massa, implementar ciclovias e calçadas padronizadas, fazer com que as pessoas deixem o carro em casa e possam utilizar o transporte público. São grandes desafios que temos pela frente e um grande trabalho a realizar. Coisas boas vão acontecer.

JPP - A Covid-19 está avançando novamente na região. Como deve ser seu governo no que diz respeito ao enfrentamento da pandemia?
Freccia - Vamos enfrentar a questão da pandemia com muita responsabilidade, não só cuidando da economia, mas também da vida dos palhocenses. As autoridades de saúde estão mais preparadas hoje para enfrentar a Covid-19, com protocolos mais confiáveis e medicação para cuidar da doença até a chegada da vacina. Mas, em pouco tempo, a pandemia vai acabar e vamos viver em harmonia e alegria novamente. 

 

Quer participar do grupo de WhatsApp do Palhocense?

Clique no link de acesso!



Tags:
Veja também:









Mais vistos

Publicidade

  • ea73bab336bac715f3185463fd7ccc14.jpg