f8cd4f6b92c2fc70f0e82ac7e1a42880.jpg Vacinação em SC: estado ultrapassa 5 milhões de pessoas com esquema vacinal completo

1069b9477a3a0d2f867498dc62b62e0e.jpeg Campanha quer melhorar autoestima de mulheres em situação de vulnerabilidade

5f9a9fdb32314194b4a64723f76fca64.jpeg Membros da comunidade se mobilizam para preservar vegetação na Pedra do Urubu

de47197475943f65b8890285981920fa.PNG Inspirada por Nelson Rodrigues, escritora de Palhoça lança livro de contos

c64875ae6408469efef36af9aa564775.jpeg ViaCatarina recebe mais uma edição da Feira do Artesanato

9570bba7c4646e5c724a73492d325f77.jpeg Produzido em Palhoça, EP de estreia de Yaju está disponível nas principais plataformas digitais

d6d50a1ca4d89a2580356c2c407d6130.jpeg Atletas da FMEC conquistam medalhas no Brasileiro de taekwondo

27e11cacd416c88131ac3f88f6e81065.jpg Copa do Mundo de Amadores contará com dois times de Palhoça

06dcb5028c047a5c6a4971990792762d.jpeg Halterofilismo: Rogério Anderle é campeão no Sul-Brasileiro 2021

b056d29d794b5e1bd70c65f106382a3b.jpg Governador Carlos Moisés abre a 60ª edição dos Jasc e destaca investimentos históricos no esporte

Professora se desculpa por manifestação política

Explanação em sala de aula foi gravada por aluno e provocou polêmica nas redes sociais

a669a2951483c89b6a5770f69f0f6ca8.jpeg Foto: DIVULGAÇÃO

Na última edição, veiculada no dia 4 de outubro, o Palhocense trouxe a polêmica disparada nas redes sociais após a manifestação política de uma professora, dentro da sala de aula, no colégio Visão, na Pedra Branca. Na ocasião, a reportagem do Palhocense entrou em contato com a professora, e como não recebemos retorno, por respeito à profissional, omitimos seu nome na reportagem. Nos limitamos a relatar o fato, a informar a nota oficial da direção da escola e a ouvir a comunidade escolar, em suas diferentes posições. Após a publicação da matéria, a professora procurou a redação do jornal e enviou o seguinte relato, que publicamos abaixo, na íntegra.

“Às Alunas e aos Alunos, aos Pais, às Mães e a toda Comunidade Palhocense.
 
Gostaria registrar aqui minhas sinceras desculpas por todo transtorno causado esta semana. Jamais tive a intenção de causar tamanha confusão entre pais, mães, alunas e alunos. Sem dúvida, há registrado nos áudios momentos de empolgação, com excessos que extrapolam o conteúdo da disciplina, todavia, em momento algum houve a intenção de agredir as alunas e os alunos, bem como impor qualquer posicionamento político ou mesmo de violar as estruturas familiares. Meu trabalho é o de formação, jamais doutrinação e tenho plena consciência disso.
Na verdade, a intenção foi a de ensinar que opiniões podem ser contrárias e que o ambiente acadêmico é o espaço do diálogo, que pessoas são livres para exercer suas convicções. Falhei. Talvez porque tenha sido mal interpretada, talvez porque não tenha sabido me expressar corretamente. Peço as mais sinceras desculpas e reforço que, como professora, meu compromisso com as alunas e os alunos, com o Colégio Visão e com toda a Comunidade Escolar é de formação, nunca de manipulação ideológica.
Agradeço pela solidariedade dos que entenderam que minhas intenções foram boas. 
Espero que tudo possa voltar à normalidade nos próximos dias, pois, torno a dizer, que nunca quis prejudicar ninguém.
 
Com respeito,
Miramaya Jabur”

 

Clique e releia a matéria publicada na edição 659!



Tags:
Veja também:









Mais vistos

Publicidade

  • ea73bab336bac715f3185463fd7ccc14.jpg