f8cd4f6b92c2fc70f0e82ac7e1a42880.jpg Vacinação em SC: estado ultrapassa 5 milhões de pessoas com esquema vacinal completo

1069b9477a3a0d2f867498dc62b62e0e.jpeg Campanha quer melhorar autoestima de mulheres em situação de vulnerabilidade

5f9a9fdb32314194b4a64723f76fca64.jpeg Membros da comunidade se mobilizam para preservar vegetação na Pedra do Urubu

de47197475943f65b8890285981920fa.PNG Inspirada por Nelson Rodrigues, escritora de Palhoça lança livro de contos

c64875ae6408469efef36af9aa564775.jpeg ViaCatarina recebe mais uma edição da Feira do Artesanato

9570bba7c4646e5c724a73492d325f77.jpeg Produzido em Palhoça, EP de estreia de Yaju está disponível nas principais plataformas digitais

d6d50a1ca4d89a2580356c2c407d6130.jpeg Atletas da FMEC conquistam medalhas no Brasileiro de taekwondo

27e11cacd416c88131ac3f88f6e81065.jpg Copa do Mundo de Amadores contará com dois times de Palhoça

06dcb5028c047a5c6a4971990792762d.jpeg Halterofilismo: Rogério Anderle é campeão no Sul-Brasileiro 2021

b056d29d794b5e1bd70c65f106382a3b.jpg Governador Carlos Moisés abre a 60ª edição dos Jasc e destaca investimentos históricos no esporte

Vacinação em SC: Estado distribui nesta quarta doses para reforço nos trabalhadores da saúde

Também serão distribuídas remessas da vacina contra para aplicação da segunda dose

04ea2319a91f7a7059c4adc8ad8a5bb3.jpg Foto: Ricardo Wolffenbüttel / Secom

Santa Catarina começa nesta quarta-feira, 6, mais uma etapa da Campanha de Vacinação contra a Covid-19 no estado, com o envio da primeira remessa de vacinas para a dose de reforço nos trabalhadores da saúde. A aplicação nestes profissionais foi autorizada pelo Ministério da Saúde (MS) considerando a possibilidade de amplificação da resposta imune e adequação do esquema vacinal devido a maior exposição deste grupo à doença.

O diretor da Dive, João Augusto Brancher Fuck, explica que o reforço nos profissionais da saúde seguirá os mesmos critérios da vacinação de reforço dos idosos. “A dose só será aplicada naqueles que tenham completado o esquema vacinal inicial com as duas doses ou a dose única da vacina há pelo menos seis meses e a vacina utilizada será, preferencialmente, a Pfizer. Serão vacinados com a dose de reforço todos aqueles trabalhadores da saúde que atuam em estabelecimentos de assistência, vigilância à saúde, regulação e gestão à saúde; ou seja, que atuam em estabelecimentos de serviços de saúde, a exemplo de hospitais, clínicas, ambulatórios, unidades básicas de saúde, laboratórios, farmácias, drogarias e outros locais”, esclarece o diretor.

Para o início da aplicação do reforço nos profissionais da saúde serão enviadas aos municípios catarinenses entre quarta, 6, e quinta, 7, 85.314 doses da vacina Pfizer.

:: Confira aqui a tabela de distribuição de doses, por município, e as informações repassadas às secretarias municipais de Saúde

Mais doses serão distribuídas

 

Além das doses dos trabalhadores da saúde, o Estado também vai distribuir outras 377.515 doses da vacina contra a Covid-19 para aplicação da segunda dose (D2). Serão enviadas 30.580 doses da Coronavac, 138.675 doses da AstraZeneca/Fiocruz e 208.260 doses da Pfizer. Importante lembrar que os intervalos de aplicação da segunda dose são de 28 dias para a Coronavac, 10 a 12 semanas para a AstraZeneca/Fiocruz e 8 semanas para a Pfizer.

A distribuição das 462.829 doses começa na manhã de quarta e segue na quinta-feira, 7. As doses das centrais da Grande Florianópolis, Blumenau, Itajaí, Tubarão, Criciúma, Araranguá, Jaraguá do Sul, Joinville, Mafra, Lages e Rio do Sul serão enviadas via terrestre na quarta, a partir das 8h. Já as doses das centrais São Miguel do Oeste, Chapecó, Xanxerê, Concórdia, Videira e Joaçaba serão transportadas pelo avião do Corpo de Bombeiros Militar na quinta, 7, também a partir das 8h.

Aplicação da dose de reforço nos idosos com 60 anos ou mais

O Ministério da Saúde também autorizou a ampliação da aplicação da dose de reforço nos idosos. Agora, idosos com 60 anos ou mais também podem receber o reforço do imunizante Pfizer, preferencialmente. No entanto, o MS ainda não enviou doses extras ao estado para a vacinação deste público. Sendo assim, a recomendação da Diretoria de Vigilância Epidemiológica aos municípios, neste momento, é que a dose só seja aplicada neste público caso as secretarias municipais de Saúde tenham doses armazenadas. Lembrando que devem receber a dose de reforço idosos com 60 anos ou mais que tenham completado o esquema primário (duas doses ou dose única) há pelo menos 6 meses.

:: Confira aqui a Nota Técnica com informações atualizadas sobre aplicação da dose de reforço nos idosos com 60 anos ou mais e trabalhadores da Saúde

Sobre a vacinação dos adolescentes sem comorbidades, o Ministério da Saúde informou que irá enviar novos lotes de vacina para este público assim que for concluída a etapa de vacinação de reforço dos idosos e trabalhadores de saúde. A Secretaria de Estado da Saúde (SES) aguarda o envio dessas doses pelo MS para que possa encaminhar aos municípios para que concluam a vacinação dos jovens de 12 a 17 anos.



Veja também:









Mais vistos

Publicidade

  • ea73bab336bac715f3185463fd7ccc14.jpg