Vereador Rodolfo do Bem comemora leis sancionadas

Mostrando que esta será sua bandeira de atuação na Câmara, parlamentar do PSD conseguiu a aprovação de duas leis voltadas à área da saúde

4b446c9991f8bf4554968755ba290baa.jpeg Foto: DIVULGAÇÃO

Rodolfo Rogério Hass (Rodolfo do Bem) tomou posse como vereador na sessão da Câmara do dia 28 de maio. O suplente do PSD ficará no lugar de Nirdo Artur Luz (Pitanta), que está licenciado para tratamento de saúde, e já deixou bem clara a sua principal bandeira: a saúde. Na tarde de terça-feira (13), o vereador pôde comemorar suas primeiras conquistas como parlamentar, com a assinatura de duas leis, no gabinete do prefeito Eduardo Freccia.

As duas leis sancionadas foram propostas pelo vereador Rodolfo e já haviam sido aprovadas pelos colegas, sem emendas, na Casa Legislativa municipal. Pela Lei Municipal 4.994, fica estabelecido o transporte para voluntários interessados em doar sangue, plaquetas e medula óssea. O transporte será feito a cada 15 dias, com local de partida estabelecido pelo Executivo municipal e divulgado através das redes sociais. “Temos inúmeros munícipes com intenção de realizar a doação, mas que não têm condições de ir até o Hemosc. A doação de sangue, plaquetas e medula óssea é um ato voluntário que pode ajudar a salvar muitas vidas”, expressa o vereador.

“A Cura”, como foi denominado o projeto que vai transportar pessoas que queiram doar sangue e medula óssea, entrou em vigor a partir de terça-feira (13), e para aqueles que quiserem solicitar este tipo de transporte, a lei estabelece que seja solicitado junto à Secretaria Municipal de Saúde de Palhoça.


Transporte individual

Já na Lei Municipal 4.995, o prefeito Eduardo Freccia estabelece que o transporte individual para pacientes com imunidade baixa e estado paliativo fica garantido ao paciente que apresentar laudo médico. “Os pacientes em tratamento de câncer ficam com a imunidade baixa, devido à quimioterapia, ficando expostos a qualquer tipo de vírus ou bactéria. O veículo individual servirá para impedir o contato do paciente com possíveis transmissões de doenças que podem ocasionar a morte”, justifica o legislador.

Após enfrentar – e vencer – uma batalha contra um câncer no próprio filho de 3 anos, o vereador Rodolfo encontrou nas leis uma forma de contribuir para a causa. “Eu sei o que é parar a vida para brigar contra essa doença silenciosa e também sei como é vencê-la. Por isso, quero encontrar maneiras de amenizar o impacto desse momento difícil para as famílias”, afirmou o propositor das leis.

Em seu discurso de posse na Câmara, Rodolfo Hass falou, emocionado, sobre a luta que enfrentou com o filho. "Perdi tudo que não tinha valor, o que tem valor para mim está ali (apontando para o filho); bens materiais, a gente conquista novamente", declarou o vereador, na ocasião. Rodolfo havia começado sua fala deixando bem clara sua bandeira principal: “Meu filho venceu um câncer com 3 anos e por isso eu decidi entrar na política, para representar as pessoas que lutam e batalham contra o câncer”.

“O impacto positivo que esses gestos podem trazer às vidas dessas pessoas é gigante e as histórias emocionam. É essencial colaborar para a recuperação de pacientes com câncer e incentivar mais pessoas a doarem sangue e medula óssea”, afirma o prefeito de Palhoça, Eduardo Freccia.

Emocionado com as conquistas alcançadas em tão pouco tempo de Casa, o vereador Rodolfo Rogério Hass sentencia: “Deus é maravilhoso”! 

 

Quer participar do grupo de WhatsApp do Palhocense?

Clique no link de acesso!



Galeria de fotos: 5 fotos
Créditos: DIVULGAÇÃO DIVULGAÇÃO DIVULGAÇÃO DIVULGAÇÃO DIVULGAÇÃO
Veja também:









Mais vistos

Publicidade

  • ea73bab336bac715f3185463fd7ccc14.jpg