Bombeiros encerram Operação Veraneio

Feriadão de Páscoa foi o último período com guarda-vidas nas praias

bdaed731b110ab4cf49de0da6f83b390.jpg Foto: DIVULGAÇÃO/CORPO DE BOMBEIROS

Após a atuação dos guarda-vidas nas praias da Guarda do Embaú e Ponta do Papagaio durante o feriadão de Páscoa, o Corpo de Bombeiros dá por encerrada definitivamente a Operação Veraneio desta temporada. A partir de agora, os postos de observação localizados nas praias palhocenses estarão desativados. “O serviço de praia retorna no mês de outubro, com a ativação de algumas praias aos finais de semana e feriados. Pedimos para que os banhistas tenham cuidado redobrado nas praias e evitem entrar na água, pois o banho se torna mais arriscado sem a presença do serviço dos guarda-vidas. Em caso de emergência, basta ligar 193”, informa o tenente Marcelo Pereira.

O último final de semana de vigilância da temporada teve um incidente registrado no costão da Ponta das Andorinhas, na Praia de Cima da Pinheira. Na manhã de sábado (20), uma mulher de 38 anos caiu ao pular de uma pedra para outra. Quando o resgate chegou, a mulher apresentava sinais de fratura em ambos os tornozelos. A equipe de guarda-vidas da Guarda do Embaú deu o primeiro atendimento até a chegada da equipe do helicóptero Arcanjo 01, que medicou, imobilizou e transportou a mulher para o hospital. “Cuidado com as caminhadas pelos costões, são locais perigosos e escorregadios”, alertam os bombeiros.

Na avaliação do tenente Marcelo Pereira, a temporada foi bastante movimentada, com praias cheias e muitas ocorrências desse tipo em trilhas e costões. “Foi feita muita divulgação e muita prevenção na região dos costões, local em que as pessoas desciam nas pedras para fotografar e corriam risco de serem levadas pelas ondas, algo que ocorreu e inclusive tirou a vida de um turista em nossa região, ainda no início da temporada”, relembra o bombeiro. “Foram colocadas muitas placas informando do risco dos costões e muitas reportagens e matérias preventivas foram feitas. Infelizmente, muitos turistas gostam de se arriscar e não davam ouvidos aos pedidos e orientações dos guarda-vidas”, acrescenta.

O rio da Guarda do Embaú foi um dos pontos com maior número de prevenções realizadas, em razão da grande quantidade de pessoas que fazem a travessia. O rio é de extremo perigo, e mesmo com várias placas, bandeiras e apitos de guarda-vidas, algumas pessoas ainda se aventuravam.

O tenente comenta que os destaques da temporada foram o Projeto Golfinho e o Projeto Praia Acessível - que atendeu, inclusive, turistas estrangeiros. De 4 de outubro de 2018 a 11 de março de 2019, os bombeiros ajudaram 1.880 pessoas com a questão de acessibilidade e atenderam 472 crianças no Projeto Golfinho. Outros números da Operação Veraneio: 326 crianças perdidas; 2.883 casos envolvendo água-viva; 132 salvamentos e 425.203 ações de prevenção.



Tags:
Veja também:









Mais vistos

Publicidade

  • Banner-310x260.gif