Documentário “Suli” é lançado na Pinheira

Obra mostra um gueto de negros escondido na praia da Pinheira

a6a2b9fe3d81bc958b705697f75c1cc6.jpg Foto: DIVULGAÇÃO

Na Semana da Consciência Negra, a Escola Estadual Vicente Ferreira Cordeiro, na Pinheira, preparou uma semana repleta de atividades afirmativas que valorizam e dão visibilidade à cultura negra. Entre elas, está o lançamento do documentário “Suli”, produzido pelos Bruxos da Corte. Após a exibição, foi realizada uma roda de conversa sobre a “influência e as histórias afros locais”.

Suli é um documentário de 13 minutos vencedor do Edital Curta Afirmativo (2014), que mostra um gueto de negros escondido na praia da Pinheira. “O documentário resgata a história da formação desse gueto e mostra o dilema atual de existência desse local, que vem sendo ameaçado de maneira brutal pela especulação imobiliária, pela proximidade com as areias da praia da Pinheira, um local paradisíaco”, explica o diretor Takashi Severo.

Escondida atrás das casas grandes, há um bairro, gueto, camuflado entre caminhos sinuosos, labirínticos, que os locais chamam “suli” - “sul”, no dialeto do sotaque manezinho. Quando da colonização dessa vila de pescadores, os brancos e negros foram segregados, com os brancos habitando as terras altas da Praia de Cima, enquanto os negros ocuparam as terras de marinha, criando uma região formada apenas por negros. 

“O documentário pretende ser uma forma de resgatar e mostrar essa história, feita por separação e preconceito, mas também por resistência e união, afirmando a existência de uma outra história que precisa ser contada”, diz Takashi.

Além de vencer o Edital Curta Afirmativo, o documentário “Suli” participou de alguns festivais de cinema e agora poderá ser assistido através do YouTube, no canal dos Bruxos da Corte.


Clique e assista ao documentário “Suli” no canal dos Bruxos da Corte no YouTube!



Tags:
Veja também:









Mais vistos

Publicidade

  • Banner-310x260.gif