Representantes da UPF visitam a Câmara

Entidade, que atua em 194 nações promovendo a paz, apresentou assuntos pertinentes ao calendário de ações para 2020

d5d915bdcca4df2cc8a1f620f4f4d7ed.jpg Foto: DIVULGAÇÃO

Na última sexta-feira (29), representantes da Federação para a Paz Universal (UPF, sigla em inglês para Universal Peace Federation) fizeram uma visita à Câmara de Vereadores de Palhoça, e foram recebidos pelo vereador João Carlos Amândio (Bala, PSD).

A visita serviu para apresentar assuntos pertinentes ao calendário da UPF em 2020. A UPF, que tem atuação em Palhoça, é uma aliança global de indivíduos e organizações que atua em 194 nações, dedicada a construir um mundo de paz, onde as pessoas possam viver em liberdade, harmonia, cooperação e prosperidade. A federação é reconhecida pela Organização das Nações Unidas (ONU).

Um dos representantes da regional da UPF em Palhoça presentes na reunião, a pastora Marinalda Mendes Negro de Oliveira recebeu, no domingo (1), o título de embaixatriz da paz. Marinalda mora em Palhoça há 20 anos. 

Professora aposentada da rede municipal (atuava nas séries iniciais), Marinalda é pastora graduada em Teologia pela Fatemi-TV UniCesumar, de Curitiba (PR). Faz parte da Missão de Santa Catarina do ministério Assembleia de Deus, sob o comando do pastor presidente João Ferreira França, de Biguaçu. Marinalda conta que a igreja localizada no Frei Damião foi reinaugurada no dia 24 de novembro. Seu esposo, Clemente de Oliveira Lobo, é pastor no local há sete anos. “Eu e meu esposo reformamos a igreja com nossos salários, pois a comunidade é muito carente. Falta ainda colocar pisos e os vidros, que estão bastante quebrados. Ajudamos a comunidade com alimentos, roupas, etc.”, relata a pastora.

Em fevereiro de 2020, a igreja vai iniciar um curso de Teologia para obreiros da região de Palhoça. O curso é gratuito e registrado pelo Ministério da Educação, e vai atender ministérios dos bairros Bela Vista, Brejaru, Jardim Eldorado e Frei Damião. São seis meses para o curso básico e mais seis meses para o avançado. Já há 32 alunos inscritos. Não exige escolaridade, o candidato precisa, apenas, saber ler e escrever. “Agradeço a Deus por me honrar e me conceder a responsabilidade desse projeto. Amo ele e também ensinar e aprender”, diz a pastora, que está trabalhando para gravar um CD e escrever dois livros.

Quem tiver interesse em se inscrever ou participar das ações sociais da igreja pode entrar em contato pelo WhatsApp  98427-1396 ou pelo e-mail marinaldamendes@uol.com.br.



Galeria de fotos: 2 fotos
Créditos: DIVULGAÇÃO DIVULGAÇÃO
Tags:
Veja também:









Mais vistos

Publicidade

  • Banner-310x260.gif