03066bf794a14ea915fce1a765736d82.jpeg Antigo Paço Municipal está sendo reformado para receber a Casa da Cultura

de9e6360e2a7d056ac81e4c570bac2b4.jpeg Empresários recebem palestra sobre colaborador na modalidade PJ

b9ed51804a38497e3d713e4b85a0b9ff.jpeg Outubro Rosa: voluntários organizam pedal de conscientização

6ce5fa3101a7024c779d8506147a16f1.jpeg Irmãs palhocenses produzem e doam “naninhas” para crianças das escolas públicas

4591eb7458e13b72850d0266561322bb.jpeg Jovens atletas representam Palhoça em competições estaduais

b1389c69ecc88f51f017f24a6510b6da.jpeg Judoca criado dentro do programa Palhoça Esportiva é campeão estudantil

678354f0c4a3c4a0a66e5acc0f97f463.PNG PBec Brasil vence primeira partida oficial como clube profissional

5e23d8c4a62a022f340e9d6aa9d81f61.jpeg PBec Brasil completa 11 anos de história no futebol palhocense

e228afe0fbb6efb4982272fb3b076d56.jpeg Tocha se destaca em reestreia do Campeonato Paranaense de BMX


Judô: irmãos da Guarda em destaque

Luiz Felipe foi prata nos Jogos Escolares e Luiz Henrique disputou o Pan, no México

cb893aa6fad760f9c0337d4a68c54fb9.jpg Foto: ARQUIVO PESSOAL

Os irmãos judocas Luiz Felipe e Luiz Henrique de Freitas Mello Rego, da Guarda do Embaú, disputaram campeonatos importantes nos últimos dias.

Luiz Henrique participou dos Jogos Escolares da Juventude, em Blumenau, e foi vice-campeão na categoria médio (até 81kg). Luiz Felipe venceu Giovane Cano, do MS, na primeira luta. “Já havia perdido para ele na primeira luta do Campeonato Brasileiro e comecei perdendo de novo, mas felizmente consegui um ippon e ganhei a luta”, relata. Depois, passou por Gabriel Macedo, de GO (novamente, começou perdendo por um wazari, mas consegui um ippon para virar a luta), e bateu o atual campeão brasileiro, Felipe Lopes, de Pernambuco, com dois wazaris, na semifinal. “Na final, infelizmente, perdi para o carioca Renan Furtado. Já havia vencido ele duas vezes, e desta vez, acabei perdendo”, lamenta o medalha de prata.

Já Luiz Henrique participou do Pan-Americano, em Guadalajara, no México, na categoria meio-pesado, até 64kg. O garoto de 13 anos ficou na quinta colocação. Depois de vencer a primeira luta, diante de um mexicano, perdeu na semifinal para outro mexicano e estava ganhando a disputa de bronze, quando quebrou um dedo da mão e o médico da competição não deixou ele voltar para a luta.



Tags:
Veja também:









Mais vistos

Publicidade

  • ea73bab336bac715f3185463fd7ccc14.jpg