Tatuador de PH participa da Expo Tattoo Floripa

Jesus vai participar do concurso de melhor tatuagem em duas categorias

55f422653e67865e3d36db7517fa9c1b.jpg Foto: REPRODUÇÃO/INTERNET

O tatuador de Palhoça Reginaldo Teodoro da Silva, o popular Jesus, é um dos participantes da 5ª edição da Expo Tattoo Floripa, maior evento de tatuagem de Santa Catarina, que começa nesta sexta (17) e termina no domingo (19), no Centrosul, em Florianópolis.

A feira é uma oportunidade para conhecer as novidades do setor ou até mesmo para estrear neste universo. “É um verdadeiro intercâmbio entre profissionais e clientes, que podem conhecer de perto os mais variados estilos e técnicas de tatuagem. Além dos artistas, fornecedores, marcas de roupas e acessórios enriquecem a feira”, destaca Maurício Civetta, organizador do evento.

Nos três dias da Expo Tattoo Floripa, os participantes terão uma série de programações paralelas, como um workshop com o renomado tatuador paulista Fernando Shimizu, especialista em técnicas de realismo e aquarela. Além disso, os profissionais participam do concurso de tatuagem, que reconhecerá os melhores trabalhos em diversas categorias, além da melhor tatuagem geral produzida durante o evento.

De acordo com a organização, mais de 500 tatuadores de diversos estados do Brasil e até de países como Argentina e Peru já confirmaram suas participações. O profissional de Palhoça é um deles. Aos 38 anos, Jesus é um tatuador com nome consolidado no mercado. Seu primeiro contato com as tatuagens foi em 1993, quando tinha apenas 13 anos (hoje a lei é mais restritiva com relação à tatuagem em menores de idade) e decidiu tatuar um Frankenstein (famoso personagem da escritora britânica Mary Shelley, um clássico da literatura de terror) na perna com uma máquina caseira. “Naquela época era muito difícil iniciar, e não tínhamos quase nada de acesso à informação, nem de materiais e equipamentos. As únicas fontes eram os próprios tatuadores mais velhos, mas por eu ser uma criança, muitas vezes acabava nem podendo entrar no estúdio deles. Depois, com o passar do tempo, ganhei uma máquina de verdade do meu pai e fui me aprimorando, fazendo cursos e workshops com outros tatuadores mais experientes, até os dias de hoje; nossa área evolui muito rápido, então tem que estar sempre se atualizando”, comenta o profissional, que nasceu em Brusque mas mora em Palhoça, no São Sebastião, desde os oito anos de idade.

Até por ser um mercado em constante evolução, a realização de eventos como a Expo Tattoo Floripa é fundamental para a atualização dos profissionais da área - e também para os curiosos, ansiosos em se manter antenados às últimas tendências do setor. “Sempre gostei de participar de eventos, e desde 2014 venho participando de pelo menos quatro eventos por ano aqui pelo estado. Participar perto de casa, com o próprio público, é muito bom”, comenta.
Jesus explica que durante o evento, cada tatuador participante estabelece seu estande com um objetivo: muitos vão para concorrer nos concursos, outros vão para tatuar o público, e alguns apenas para expor seu trabalho. Normalmente vou para competir, esse ano irei participar das categorias ‘old school’ e ‘bio-organico’, mas também teremos um tatuador do nosso estúdio tatuando o público no evento, que é muito bom para a profissão, pois reúne profissionais de todos os cantos e sempre rola uma troca de ideia e conhecimentos bem legal, além de apresentar um pouco a nossa profissão para o público”, argumenta o tatuador de Palhoça.

 

Programação

Um dos destaques da programação da Expo Tattoo Floripa, o tradicional concurso “Miss Tattoo” reunirá 25 semifinalistas, que serão avaliadas pela comissão julgadora. O concurso ocorre no sábado (18), às 17h, e Palhoça será representada pela moradora da Pedra Branca Thaís Linhares Pacheco (clique aqui e saiba mais sobre a candidata palhocense).

Já no palco do Centrosul, músicos locais farão a trilha sonora de todo o evento. Integram a programação musical nomes como Projeto Liquidifica, Batalha de Sangue (Rap), Vini Rosa & The Rockets, Tomahawk, DJ Monkey, Negro Rudy, Marreta Brutal Style e Snakesun.

Para quem gosta de carros, a dica é a exposição de carros antigos e customizados.

Para os adeptos da fotografia, haverá uma exposição fotográfica pelos corredores da feira, “La tinta del alma”, que retrata mulheres tatuadas registradas pelas lentes pelo premiado fotógrafo espanhol Alfonso Bustos.

O performer Zumbiepunk e a “manezinha” Dona Bilica também farão parte do evento, que terá, ainda, apresentações de pole dance e suspensão corporal.

A estrutura do evento também conta com food park e um espaço kids.

A expectativa da organização é a de que 10 mil pessoas circulem pelo Centrosul durante os três dias de programação.

Os ingressos custam R$ 30 (inteira) ou R$ 15 mediante a doação de um quilo de alimento não perecível, e podem ser adquiridos na Civetta Tattoo Sypply ou na bilheteria do evento.

Clique e veja a programação completa!



Galeria de fotos: 2 fotos
Créditos: DIVULGAÇÃO REPRODUÇÃO/INTERNET
Tags:
Veja também:









Mais vistos

Publicidade

  • d83a8831fba6952d386c6501dc64c0ab.jpg