Beltrano - Edição 766

Tudo isso acontecendo e eu em casa, de quarentena

 


Extra! Extra! Quem escolheu fez um escolhão! Acabou a mamata, rapaziada! Acabou a gasolina, acabou a promessa, agora só se for no cartão ou no carnê das Casas Bahia. Um candidato me disse, depois que se elegeu: “Se cuzinho, não lavo”! Não dá mais pra voltar atrás das urnas! Todo mundo viu. O povo foi à zona e enfiou o dedo no álcool! Em plena democracia, só deu Freccia, que, segundo dizem, não nasceu com a bunda virada pra lua, nasceu com uma lua dentro da bunda! Rá, rá, rá, rá... 

O Eduardo patrolou todo mundo e cantou de galo. Foi de 55 e elegeu 14! É aquela velha história: quem tudo quer, tudo ganha! Tem gente que ainda pensa que Palhoça é cidade-dormitório e passa quatro anos dormindo de touca e depois reclama por ter acordado tarde! Errar é humano; culpar outra pessoa, em Palhoça, é política. Já o Luciano Pereira abraçou Palhoça e colocou o 70 no mapa. Mostrou que a turma dos baixinhos não afrouxa. Chegou em segundo a 70 por hora! Ganhou a corrida do Ivon (que já vinha treinando há tempo), do Sérgio e do Jean Negão! Só não ganhou do Freccia porque o Camilo saiu correndo com ele nas costas! 

Mas teve muita gente que saiu frustrada desta eleição! Foi o caso daqueles candidatos que, pela primeira vez, não conseguiram dar a segunda. O Ivon que o diga! Já o Jailson e o Rangel vão continuar tentando dar a primeira! Daqui a quatro anos, vão vir de novo, pregando a renovação! É por isso que eu digo: morro, vou morar na frente da casa do Ronério e não vejo tudo!

Eu, particularmente, gostei da eleição. Principalmente, gostei de tudo o que o Daniel Toillier falou. Pena que o que ele falou foi como bala perdida: entrou por um ouvido do eleitor e saiu pelo outro! O Antônho do Bidunga acreditou em tudo que os políticos disseram na eleição, principalmente o que disseram um do outro! Rá, rá, rá, rá... 

Para muitos, perder ou vencer as eleições não foi difícil. O difícil vai ser pagar as dívidas! Um candidato a vereador que não se elegeu me dizia: “Dívida pra mim é sagrada!” Me animei todo e pensei: “Graças a Deus vou receber o anúncio do santinho”. Mas ele completou: “Deus lhe pague!” Tem vereador não eleito que não quer escutar as expressões: “tamanho não é documento” e “dinheiro não traz felicidade”. Fui saber o porquê e ele me disse: “Quem inventou essas frases era muito pobre ou tinha o pinto pequeno”.

Eu me solidarizo com os mais de 200 candidatos que perderam a eleição. Sei que é difícil ganhar! Hoje em dia, é muito mais fácil comprar. Rá, rá, rá, rá...
Aconselho quem não se elegeu a não desistir do sonho. Se for muito caro numa padaria, procure na próxima! Rá, rá, rá, rá... 

Eu sou a favor da renovação, pois político é como fralda: deviam ser trocados constantemente e sempre pelo mesmo motivo! Para o povo, errar é humano, mas, mal sabe ele que, para se fazer uma monstruosa cagada, é preciso se eleger primeiro! Rá, rá, rá, rá... 

O vovô dos vereadores, o Pitanta, se reelegeu pela 12ª vez! Virou de vez o vereador terceira idade! O vereador terceira idade é aquele que bota os óculos para ouvir o rádio! Rá, rá, rá, rá... 

Tem vereador que se elegeu e descobriu que quem dá pra pobre ainda tem que pagar o motel! O falecido Jorge da Dona Bilóca é que dizia que política é a arte de arrancar dinheiro dos ricos e votos dos pobres, com o pretexto de protegê-los uns dos outros! 
Outro vereador eleito fazia festa no domingo à noite na praça e garganteava: “Agora, se der vontade de beber, nóis bebe; se der vontade de comer, nóis come; se der vontade de trabalhar pelo povo, nóis dorme e espera a vontade passar”. Rá, rá, rá, rá... 

Minha Santa Piriquita da Cova Funda! Na Prefa, os comissionados estão de orelha em pé. O medo é ir para casa em dezembro e voltar só em agosto: “a gosto do Camilo e do Eduardo”. Pra eles, pior do que não ter onde cair morto, é não ter onde ficar em pé vivo! O pessoal do PSD, PSB, MDB, DEM, PSC, e de um monte de Ps que apoiaram o Eduardo Freccia já avisou: “Somos verdadeiros alpinistas, só o cume interessa!” Ééééééé, tão pensando o quê? Que cavalo é burro?!

O Amaro Junior está feliz da vida, depois que foi o escolhido pelo MDB para ser vice pela segunda vez. Daí se diz por aí que raio não cai duas vezes no mesmo lugar! O Amaro passou a acreditar em pé de Coelho! Já o coronel Joni, para não perder o costume, não tem dúvida de que um pé de coelho pode ter mudado a vida do Amaro, mas vai mutilar o Coelho e que isso é prática deste governo que aí está e que aí vai ficar por mais quatro anos! Rá, rá, rá, rá... 

Tudo isso acontecendo em Palhoça e o Cabeção fazendo dieta. Cortou bebidas e comidas pesadas, e em 14 dias perdeu duas semanas! Por causa da dieta, anda irritado e vive dizendo que o mundo ainda é bom porque é uma bola; se fossem duas, seria um saco... 
Pra terminar, deixo aqui uma mensagem para os novos eleitos: se um dia vocês perderem o controle, levantem-se e mudem de canal manualmente, tá?!

Fui! Fui ver o que vocês vão fazer nos próximos quatros anos, além de mamar na Câmara e botar o cavalo pra pastar na Prefa!



Publicado em 19/11/2020 - por Beltrano

btn_google.png btn_twitter.png btn_facebook.png








Autor deste artigo


Mais vistos

Publicidade

  • ea73bab336bac715f3185463fd7ccc14.jpg