Boca Maldita - Edição 757

Lá para os lados do Passa Vinte
Uma verdadeira batalha foi travada pelo PSL para indicar o vice na chapa de Ivon de Souza. Primeiro, teve a tentativa frustrada de indicar o doutor Juliano, do partido Solidariedade, que não foi tão solidário assim, pois barrou a indicação. Depois, apareceu o Jiraya, do Republicanos, que foi devidamente anunciado em um post no Facebook, retirado logo depois. A indicação do vice durou 10 minutos - foi o tempo que a executiva estadual do Republicanos levou para desfazer a indicação.


Questionamento
Considerando a possibilidade do candidato do prefeito Camilo Martins perder as eleições, como fica a questão dos grandes investimentos, como a PPP da iluminação pública e o saneamento básico, que são parcerias longevas e que envolvem muito dinheiro? A nova administração vai manter o que foi feito ou vai descartar? É possível desfazer a PPP da iluminação pública? Imagino que tenha muita gente de olho nessas duas áreas, até com a intenção de financiar campanhas, para tentar assumir a exploração do serviço depois.


Barrado no baile
Algumas das convenções para a escolha de candidatos para a eleição 2020 deram o que falar. Para vereadores, quase nenhum incidente, a não ser o do J. Muller, que ficou de fora da nominata do PSL - com isso, quem perdeu um apoiador foi o coronel Ivon!


Não tem nada a ver


A Associação Nacional das Empresas de Transportes Urbanos apresentou, nesta quarta-feira (16), estudo técnico inédito, que avalia 15 sistemas de transportes públicos por ônibus no Brasil, responsáveis pela operação em 171 municípios. O levantamento conclui que não há evidências para afirmar que existe relação entre o uso do serviço e a variação do número de casos de coronavírus.


Enquanto isso


O PDT lançava seu pré-candidato a prefeito, José Ricardo da Silva, tendo como vice o professor e ex-vereador Cinei. O PSDB lançava o Petanha; o PSol, o professor Rangel Medeiros. O PCdoB indicou José Leodoro Martins (Dé). O PT lançou Jailson Rodrigues e Ana Maria; o PL, o repórter Sérgio Guimarães. O MDB lançou Neném do Bertilo. O Republicanos lançou Jiraya, e o PSD, o Eduardo Freccia. Observação: essa era a nominata de quarta-feira (16); na quinta (17), já pode ter mudado tudo!


Não abrindo mão
Outra novela hollywoodiana foi a breve coligação entre o MDB, que sairia com o pré-candidato a prefeito Neném do Bertilo, e o Patriota, do Jean Negão, como pré-candidato a vice-prefeito. Foi estranho, pois Jean foi dormir, de segunda para terça, como pré-vice e amanheceu pré-candidato a prefeito novamente, e até exibindo uma frase que não deixava dúvida: “Sou Jean Negão e não abro mão”.

O que Dizem e Eu Não Afirmo...
QUE o Solidariedade não foi nada solidário com o doutor Juliano, não deixando o político de primeira viagem sair candidato na chapa do coronel Ivon.
QUE as convenções partidárias produziram muito mais pré-candidatos a prefeito do que pré-candidatos a vice-prefeito.
QUE precisa-se de pré-candidatos a vice. Paga-se bem! E não precisa fazer nada!



Publicado em 17/09/2020 - por Joao Jose da Silva

btn_google.png btn_twitter.png btn_facebook.png








Autor deste artigo


Mais vistos

Publicidade

  • ea73bab336bac715f3185463fd7ccc14.jpg