f8cd4f6b92c2fc70f0e82ac7e1a42880.jpg Vacinação em SC: estado ultrapassa 5 milhões de pessoas com esquema vacinal completo

1069b9477a3a0d2f867498dc62b62e0e.jpeg Campanha quer melhorar autoestima de mulheres em situação de vulnerabilidade

5f9a9fdb32314194b4a64723f76fca64.jpeg Membros da comunidade se mobilizam para preservar vegetação na Pedra do Urubu

de47197475943f65b8890285981920fa.PNG Inspirada por Nelson Rodrigues, escritora de Palhoça lança livro de contos

c64875ae6408469efef36af9aa564775.jpeg ViaCatarina recebe mais uma edição da Feira do Artesanato

9570bba7c4646e5c724a73492d325f77.jpeg Produzido em Palhoça, EP de estreia de Yaju está disponível nas principais plataformas digitais

d6d50a1ca4d89a2580356c2c407d6130.jpeg Atletas da FMEC conquistam medalhas no Brasileiro de taekwondo

27e11cacd416c88131ac3f88f6e81065.jpg Copa do Mundo de Amadores contará com dois times de Palhoça

06dcb5028c047a5c6a4971990792762d.jpeg Halterofilismo: Rogério Anderle é campeão no Sul-Brasileiro 2021

b056d29d794b5e1bd70c65f106382a3b.jpg Governador Carlos Moisés abre a 60ª edição dos Jasc e destaca investimentos históricos no esporte

BondEconomia - 07/08

 

SC tem que investir no turismo de proximidade, diz Vinicius Lummertz

 

Ex-ministro do Turismo, o catarinense Vinicius Lummertz segue sendo a referência nacional e internacional no que se refere aos caminhos da retomada do setor pós-pandemia. Recentemente, participou do Fórum Bandnews “A Retomada do Turismo” (foto), assim como de uma live da Univille com o mesmo tema.

Entre os aspectos que o atual secretário de Turismo de São Paulo abordou, estão o de que o Brasil tem, agora, a oportunidade ímpar de fazer reformas que ficaram represadas durante décadas. Isso se dá também no plano regional. Para que os eventos sejam retomados em Joinville, por exemplo, é preciso alinhar o que está sendo feito em todas as cidades da região, porque as operações serão feitas com base no turismo de proximidade – com outras cidades catarinenses e também com Paraná, Rio Grande do Sul e especialmente São Paulo, que é o maior emissor e receptor do país.

Assim, para Lummertz, na região de Joinville é preciso unir todo o conjunto de forças para fazer reformas que há muito estão represadas. Existe todo um cenário de (des)organização do território litorâneo e também do completo divórcio do estado com a Economia do Mar – além de cinco grandes portos, somos o maior produtor de barcos de lazer do país, mas não temos marinas, só para dar um exemplo.

O ex-ministro vai mais longe e pergunta: “Qual é o plano para a Baía da Babitonga? Ali se encontra o Parque Natural do Acaraí, uma exuberância da natureza, mas que não é utilizado para o turismo. O produto ‘parque natural’ agora tem que vir para o centro da pauta, porque fará obrigatoriamente parte do Novo Turismo”. 

 

VALORIZANDO SC

“O turismo de proximidade favorece muito a SC, porque tem a facilidade do turismo terrestre – assim como os vizinhos Paraná e Rio Grande do Sul e São Paulo”, lembra Vinicius Lummertz, acrescentando que “Santa Catarina ‘é uma Europa’, em que o visitante num momento está no litoral português e no outro está comendo chucrute na Alemanha. Porém, nós precisamos investir mais em cultura e meio ambiente, para podermos valorizar e explorar esse potencial”.

O secretário afirma que “em SP estamos investindo em projetos como o das Rotas Cênicas, contemplando regiões turísticas com paradores, artesanato, gastronomia e atrações artísticas locais. E quem é o autor do projeto? Um catarinense, o Ike Gevaerd. É preciso lembrar também que SC é um estado que tem uma base de consumo muito pequena, mas que produz muito – por isso, nosso ‘jogo’ é exportação”.

Lummertz diz que essa é uma forma de “exportar o turismo” catarinense, levando para o mundo toda a nossa cultura, gastronomia e produção – desde a botarga até os museus de cera, que há tempos estão em Xangai, Cancun, Boston, Gramado e Foz do Iguaçu e que só agora ganham uma unidade em Pomerode. “Por incrível que pareça, a sede da empresa que instala e opera esses museus, o Dreams Entreteinment Group, fica em Blumenau. Pouca gente sabe disso em SC, ou seja, não valorizamos sequer o que é nosso e que faz sucesso no mundo”.



Publicado em 07/08/2020 - por Luiz Fernando Bond

btn_google.png btn_twitter.png btn_facebook.png








Autor deste artigo


Mais vistos

Publicidade

  • ea73bab336bac715f3185463fd7ccc14.jpg