Cartão Rosa - Edição 795

Para a alegria dos pais, Geruza e Marcio; da madrinha, Luciany; dos amigos e familiares, a bela Vitória, da Ponte do Imaruim, estará completando mais um ano de vida neste domingo (13). A coluna deseja muita saúde


Intensificar a fiscalização
Sob suspeita por parte de um certo segmento da mídia esportiva brasileira, a Copa América irá acontecer no Brasil. A Conmebol já divulgou o protocolo médico e promete intensificar a fiscalização. Dentre os itens desse protocolo, estão: nenhuma seleção poderá ter algum jogador com caso positivo pra Covid-19; não serão permitidas aglomerações nos elevadores ou áreas comuns dos hotéis; jogadores, treinadores e membros da comissão técnica não poderão cuspir ou assoar o nariz antes, durante ou após os jogos, no gramado e no banco de reservas; não será permitido a qualquer jogador beijar a bola (esta aqui o Neymar não deve ter gostado); será proibida a troca de camisas entre os jogadores. Para qualquer ato infracional, a Conmebol estipulou uma multa de US$ 15 mil.


Com moral
Nem bem a Segundona brasileira começou e dois jogadores de times catarinenses já estão com moral na enquete para elege os melhores da rodada, a seleção da galera, onde torcedores de todo o Brasil votam para escolher os destaques. Bruno Silva, do Avaí, e Claudinho, do Brusque, figuraram entre os 11 melhores. Esses dois estão com moral.


Chega a dar nojo
Socorro, a coisa tá feia! É de dar dó o que estão fazendo com o nosso pobre futebol. Assisti ao jogo Vasco x Ponte Preta, e não tenho medo de afirmar que as tradicionais peladas de fim de semana estão num nível bem superior. E quem diria que um dia o tão poderoso Internacional iria ser massacrado e humilhado naquela goleada para o Fortaleza? Mas fora das quatro linhas é que o bicho tá pegando. Presidente da CBF sendo acusado de assédio sexual, mais um presidente que poderá ser banido. Jogadores brasileiros que jogam fora do Brasil perderam a vontade de vestir a nossa tradicional camisa amarelinha. Treinador Tite misturando política com o futebol, desafiando a própria CBF e desrespeitando até mesmo o presidente da República. Esse jogo de interesses chega a dar nojo.


Centenário do Figueirense
É neste sábado (12), justamente no Dia dos Namorados, que o torcedor alvinegro irá comemorar o centenário do Figueirense. E dentro do Scarpelli, num jogo onde o que não faltou foi disposição, o Figueirense conquistou a sua primeira vitória na Série C. Bruno Paraíba fez o único gol e o time só não ampliou porque Dener Barbosa perdeu uma penalidade. O torcedor alvinegro tem o que comemorar, sim, porque chegar à marca de 100 anos não é para qualquer clube de futebol. Poucos clubes por este Brasil afora conseguiram essa marca, superando as mais diversas desgraças causadas por péssimas administrações. Você, torcedor alvinegro, mesmo passando por turbulências e gozações, tem que comemorar esse dia, sim.


Torcedor não perdoa
O torcedor não perdoa, e quando tem que cobrar, ele é muito rígido. É o que está acontecendo com o atacante Getúlio, que está vivendo um problema no Avaí, em meio à seca de gols. Sem marcar um único gol há uma dezena de jogos, o torcedor azurra faz dura cobrança e já tem alguns que pedem o jovem Jonathan em seu lugar. Outro jogador que vem sendo alvo de críticas do torcedor avaiano é Junior Dutra. No Bistrô do Dedé, reduto da boca maldita, já tem gente questionando seu retorno ao time. Com 11 jogos realizados, Junior meteu apenas uma bolinha pra dentro do gol adversário. O torcedor não perdoa.


Falaram muito
A Seleção Brasileira venceu o Paraguai com um desempenho tímido, eu diria, ocupando a liderança das Eliminatórias para a Copa do Mundo, com 100% de aproveitamento. É claro que eu, como bom brasileiro, fico feliz por isso. Mas o que mais me chamou a atenção antes desse confronto sul-americano foi a expectativa criada pelos jogadores da nossa Seleção no comunicado ao povo brasileiro depois do jogo. Vi, li e reli um manifesto sem eira nem beira, sabe-se lá escrito por quem. Um manifesto com frases vazias, recheado de fingimentos. E depois, na coletiva, vem o "bom gaúcho", cheio de bordões de efeito e sem sentido, alienado às suas mendacidades políticas. Como nada falaram nesse manifesto, acredito que foi o próprio treinador quem redigiu. Falaram muito e não disseram nada.


Pensamento do Bambi
A maioria dos políticos não aceita Ivermectina só porque mata vermes e parasitas.


Bem me quer, mal me quer
Que na Avenida Aniceto Zacchi abriu uma loja de laticínios e embutidos que vem fazendo o maior sucesso, pela qualidade de seus produtos. E o mais importante é o precinho das mercadorias. Na Foguinho, você entra com R$ 50 e sai com uma cesta abarrotada.
Depois de quase 36 anos sem vencer a seleção paraguaia em Assunção, a Seleção Brasileira venceu por 2x0 sem susto, sem brilho. Neymar, um dos raros craques que sabem jogar quando querem, abriu a contagem, aproveitando cruzamento de Jesus.
Contra o Oeste, o Figueirense não teve vida fácil. A vitória veio com um minguado golzinho e poderia ter ampliado se Dener Barbosa fosse um pouco mais eficiente na cobrança da penalidade. Mas o que importa é a vitória e os três pontos na competição.
Mesmo sem torcedor nas arquibancadas, por conta da pandemia, nunca fui simpático a certos horários no futebol brasileiro. A dona CBF, atendendo ao pedido da televisão, passou o jogo Avaí x Brusque das 20h30 para as 16h. Um horário costumeiro no futebol.


Cartão rosa/vermelho
Cartão Rosa para o centenário de um dos clubes de futebol profissional mais importantes do futebol catarinense. Daqui a pouco, o Figueirense estará completando 100 anos de história. Este sábado (12) é dia de comemorar e lembrar que pelo clube já passaram Dacosta, Pinga, Chicão, Filipe Luís, Sergio Lopes, Edson Neri, Fernandes, Albeneir, Genilson, Balduíno, Roberto Firmino, Evair e tantos outros.

Cartão vermelho para o total abandono que estão vivendo os ex-funcionários da Jotur, que foram demitidos e até agora não viram a cor do dinheiro. Tem gente que foi despejada de sua casa por não ter dinheiro para pagar o aluguel. O abandono é tanto que até mesmo o sindicato da categoria nada diz, nada fala, nada faz.

 


Nosso bom amigo Tenente comemorou 7.0 no último domingo (6), e o boa praça Júlio foi abraçá-lo



Publicado em 10/06/2021 - por Margarida Clésio Moreira dos Santos

btn_google.png btn_twitter.png btn_facebook.png








Autor deste artigo


Mais vistos

Publicidade

  • ea73bab336bac715f3185463fd7ccc14.jpg