03066bf794a14ea915fce1a765736d82.jpeg Antigo Paço Municipal está sendo reformado para receber a Casa da Cultura

de9e6360e2a7d056ac81e4c570bac2b4.jpeg Empresários recebem palestra sobre colaborador na modalidade PJ

b9ed51804a38497e3d713e4b85a0b9ff.jpeg Outubro Rosa: voluntários organizam pedal de conscientização

6ce5fa3101a7024c779d8506147a16f1.jpeg Irmãs palhocenses produzem e doam “naninhas” para crianças das escolas públicas

4591eb7458e13b72850d0266561322bb.jpeg Jovens atletas representam Palhoça em competições estaduais

b1389c69ecc88f51f017f24a6510b6da.jpeg Judoca criado dentro do programa Palhoça Esportiva é campeão estudantil

678354f0c4a3c4a0a66e5acc0f97f463.PNG PBec Brasil vence primeira partida oficial como clube profissional

5e23d8c4a62a022f340e9d6aa9d81f61.jpeg PBec Brasil completa 11 anos de história no futebol palhocense

e228afe0fbb6efb4982272fb3b076d56.jpeg Tocha se destaca em reestreia do Campeonato Paranaense de BMX


Piloto de PH é bicampeão da SuperBike Master

Embalado pelo rock’n roll, médico Guilherme Neto teve desempenho impecável em 2018 e assegurou o título por antecipação

be4fa56bf89376335cb89a6d53dfcb54.jpg Foto: SUPERBIKE/DIVULGAÇÃO

O piloto de Palhoça Guilherme Neto conquistou o bicampeonato da SuperBike Brasil, o maior campeonato de motovelocidade do país, na categoria Master. O piloto da Pro Racing Team assegurou o título com antecedência, após alcançar um desempenho quase impecável na temporada: vitória em oito corridas e cinco SuperPoles.

Aos 47 anos, Guilherme Neto iniciou o ano visando defender a conquista de 2017. Ele não só conseguiu cumprir o objetivo na sua categoria como também se mostrou um dos mais rápidos do grid – além da SuperBike Master, o evento conta com motos das categorias Evolution, Evolution 1000cc, Light e SuperStock. “A temporada tem sido fantástica. Iniciamos bastante empolgados pelo título do ano passado. Tínhamos o objetivo de evoluir e de chegar dentro do top 10 do grid. E com bastante trabalho e dedicação de toda a equipe, conseguimos cumprir essa meta em todas as corridas”, disse o piloto, que na última etapa teve o seu melhor resultado no ano – vitória na Master e segundo lugar na classificação geral nas duas corridas realizadas em Goiânia, no dia 16 de setembro.

Com o desempenho avassalador na categoria, o piloto da Pro Race Team somou 204 de 205 pontos possíveis até agora no Campeonato Brasileiro. Ele leva 93 pontos de vantagem para Rene Ferreira e já não pode mais ser alcançado.

Apesar do sucesso nas pistas do SuperBike Brasil, a motovelocidade não é a paixão mais antiga do piloto. Muito antes de se aventurar nos autódromos, Guilherme Neto já se dedicava à música. Atualmente, ele divide as duas atividades com a profissão de médico. “Diferentemente dos campeonatos de motovelocidade, que comecei em 2015, a música esteve presente na minha vida desde criança. Comecei a aprender violão aos 11 anos, fiz sete meses de aula e depois me tornei autodidata. Sempre toquei nas festas com amigos, passei por diversas bandas e atualmente estou na Kaleidoscope Floripa, banda de pop rock”, acrescentou Guilherme, que é natural de Joaçaba (SC), mas mora em Palhoça.

O gosto pela música, inclusive, acompanha o piloto até o último instante antes de entrar nas pistas. “Nas corridas, para nos inspirar e já entrarmos acelerados na pista, escutamos muito rock, como AC/DC, Deep Purple, Guns N’ Roses e Red Hot Chili Peppers”, completou. 

Agora, mesmo com o título já assegurado, Guilherme Neto espera manter o bom desempenho nas etapas restantes antes de definir os desafios para a próxima temporada. O piloto não descarta uma possível mudança de categoria em 2019. “Para o ano que vem, já estamos estudando a possibilidade de mudança de categoria ou de defesa do título buscando o tricampeonato. Por enquanto, estamos focados em terminar este ano dentro dos nossos objetivos traçados no início do campeonato”, finalizou.

 

Mais pódio à vista 

A 7ª etapa do SuperBike Brasil será realizada no dia 11 de novembro, em Londrina (PR). Guilherme já assegurou o título, mas tem outro piloto radicado em Palhoça de olho no primeiro lugar. Peterson Luiz, morador da Praia de Fora e também integrante da Pro Racing Team, vem em segundo lugar na categoria SuperStock e vai brigar pelo título. “Eu sigo na disputa do título, vamos brigar até a última etapa, se Deus quiser”, projeta Peterson. 

Na última etapa, disputada em um domingo de forte calor, com duas corridas, de manhã e à tarde, Peterson estreou em Goiânia com um ótimo resultado. Ele conquistou um segundo e um terceiro lugar na categoria, e com esses resultados vem se consolidando na segunda posição no campeonato.



Galeria de fotos: 2 fotos
Créditos: SUPERBIKE/DIVULGAÇÃO SUPERBIKE/DIVULGAÇÃO
Tags:
Veja também:









Mais vistos

Publicidade

  • ea73bab336bac715f3185463fd7ccc14.jpg