f8cd4f6b92c2fc70f0e82ac7e1a42880.jpg Vacinação em SC: estado ultrapassa 5 milhões de pessoas com esquema vacinal completo

1069b9477a3a0d2f867498dc62b62e0e.jpeg Campanha quer melhorar autoestima de mulheres em situação de vulnerabilidade

5f9a9fdb32314194b4a64723f76fca64.jpeg Membros da comunidade se mobilizam para preservar vegetação na Pedra do Urubu

de47197475943f65b8890285981920fa.PNG Inspirada por Nelson Rodrigues, escritora de Palhoça lança livro de contos

c64875ae6408469efef36af9aa564775.jpeg ViaCatarina recebe mais uma edição da Feira do Artesanato

9570bba7c4646e5c724a73492d325f77.jpeg Produzido em Palhoça, EP de estreia de Yaju está disponível nas principais plataformas digitais

d6d50a1ca4d89a2580356c2c407d6130.jpeg Atletas da FMEC conquistam medalhas no Brasileiro de taekwondo

27e11cacd416c88131ac3f88f6e81065.jpg Copa do Mundo de Amadores contará com dois times de Palhoça

06dcb5028c047a5c6a4971990792762d.jpeg Halterofilismo: Rogério Anderle é campeão no Sul-Brasileiro 2021

b056d29d794b5e1bd70c65f106382a3b.jpg Governador Carlos Moisés abre a 60ª edição dos Jasc e destaca investimentos históricos no esporte

Prefeitura entrega títulos de propriedade

Desta vez, 360 famílias serão beneficiadas pelo programa Lar Legal na Barra do Aririú

9735e655d5a62cdbbde80c4c3cd3b622.jpg Foto: DIVULGAÇÃO

A Prefeitura de Palhoça vai entregar mais 360 títulos de regularização fundiária dentro do programa Lar Legal. A medida beneficia famílias carentes que vêm usando a terra como ponto de moradia, mas sem nenhuma segurança jurídica. O ato de entrega das escrituras vai acontecer no Parque da Barra do Aririú, no sábado (1), às 10h.

Essa é a terceira etapa do programa, organizada pela Secretaria de Habitação e Regularização Fundiária, em parceria com o Poder Judiciário, para conferir escrituras públicas às famílias. No dia 10 de março, o prefeito Camilo Martins participou da cerimônia de entrega de escrituras do programa Lar Legal para 482 famílias residentes na comunidade Frei Damião. A primeira etapa do programa ocorreu em 2016 e beneficiou cerca de 50 famílias residentes na Guarda do Cubatão.

Camilo afirma que a entrega dessas escrituras tem um significado muito importante para as famílias beneficiadas. “A entrega do documento legal representa segurança jurídica e muito mais dignidade para os moradores. São famílias que não reúnem condições financeiras de disputar um imóvel no mercado imobiliário e que, de alguma forma, ocupam propriedades que não podem dizer que são suas. Mas, a partir da legalização fundiária, esse quadro muda completamente. O documento significa mais dignidade e cidadania”, comentou o prefeito.]

O prefeito explicou que o caminho até a concessão do documento é percorrido em várias etapas. “Para chegarmos até aqui, até a liberação, precisamos vencer várias etapas do processo burocrático. Só conseguimos porque contamos com o apoio do Poder Judiciário, do cartório de imóveis e da Câmara de Vereadores”, afirmou. Ele ressaltou que a liberação da escritura pública reflete imediatamente no valor de mercado do imóvel e facilita na hora de vender, pois permite financiamento.

Considerado um programa social bastante relevante, o Lar Legal atua nos loteamentos irregulares para cadastrar todas as pessoas que ocupam imóveis no local. A segunda etapa é a comprovação de posse por meio de documentos e em seguida é ajuizada uma Ação Civil no Poder Judiciário, semelhante a um processo de “usucapião coletivo”. Após a conclusão, é estabelecido um prazo de 90 a 180 dias para os participantes receberem os títulos de propriedade do imóvel (popularmente chamados de escritura).

Segundo um cronograma pré-estabelecido, no início de 2019 a Prefeitura pretende entregar mais 200 escrituras para moradores da Guarda do Cubatão e 80 na localidade da Jaqueira, no Bela Vista.

Podem recorrer ao programa Lar Legal famílias que habitam imóveis em regiões já consolidadas, que não apresentem riscos e não pertençam a Áreas de Preservação Permanente (APP).

Para o secretário de Habitação e Regularização Fundiária, Antônio Pagani, essa nova etapa de entrega de escrituras “é um verdadeiro presente de Natal para as famílias que há anos vivem na insegurança jurídica e ausência quase total de cidadania”. “O Lar Legal significa mais dignidade e qualidade de vida à parcela mais carente da população”, pondera.

Interessados em participar do Lar Legal podem procurar a Secretaria de Habitação e Regularização Fundiária ou ligar para o telefone 3279-1857. 



Tags:
Veja também:









Mais vistos

Publicidade

  • ea73bab336bac715f3185463fd7ccc14.jpg