Palavra do Leitor - Edição 720

Cracolândia em Palhoça
Aqui na Aniceto Zacchi, durante à noite, parecem os zumbis. Dá até medo de andar na rua. Isso que já moro há mais de 10 anos. Cada vez mais se agrava a situação.

Eliete Ribeiro 
(Pelo Facebook)


Cracolândia em Palhoça II
Realmente é crítico. Mas tem que chamar as famílias a essa responsabilidade, porque muitos deles estão ali porque querem e não por necessidade de não terem um teto. Não podemos responsabilizar somente a Prefeitura e sim os familiares que nada fazem .

Valdoir Andrade 
(Pelo Facebook)


Lixo nas ruas e alagamentos
Engraçado que o povo quer um país que ande nos trilhos e o próprio povo é o mais errado nessa história toda. Para haver mudanças em um país, essas têm que começar com os hábitos. Então, faça a sua parte e o mundo agradece.

Ricardo Siegel 
(Pelo Facebook)


Lixo nas ruas e alagamentos II
Bora jogar lixo no chão bituca de cigarro, etc... Aí quando chove é nisso que dá!

Eliseu Palhano Ferreira 
(Pelo Facebook)


Cracolândia em Palhoça III
Não é só em Palhoça. Florianópolis também está assim em quase todos os pontos turísticos. Infelizmente, está crescendo muito esse tipo de população. Sou a favor de mandar de volta para sua cidade de origem.

Ana Monauer 
(Pelo Facebook)


Temporal em Palhoça
Oh glória, aleluia! Tudo obra do Pai. Ele está se vingando da humanidade. É o apocalipse. Mas ele irá construir outra terra melhor que essa e não precisarão pagar aluguel, já que não cai uma folha no chão sem que seja de sua vontade. Então esse temporal foi obra Dele. Lá no Nordeste há oito meses sem chover. O povo passando sede e fome. Mas tem que esperar mais um pouco. Quer saber se são um povo de fé é continuar fiel! Já nos outros lugares ele gosta de mandar muita água para que, na hora do desespero, o povo clame por Ele. Vamos orar, porque tudo passa. Se não morrer de sede e fome, morre afogado ou com um telhado na cabeça. Volta, Jesus, pra dar uma melhorada na situação.

Marli Mateus Dos Santos 
(Pelo Facebook)


Cracolândia em Palhoça IV
Realmente está demais a situação. Passei agora há pouco ali na Praça Sete e naquele palco que está montado tem uns seis moradores de rua dormindo. Palhoça está abandonada!

Elaine Teixeira 
(Pelo Facebook)


Mosquitada
Aqui, na Barra do Aririú, o mosquito à noite é igual um enxame de abelhas. Tem que fechar a casa toda às 5h para dormir. Só com aparelho na tomada no inverno e verão.

Isolete Clasen 
(Pelo Facebook)



Publicado em 19/12/2019 - por Palhocense

btn_google.png btn_twitter.png btn_facebook.png








Autor deste artigo


Mais vistos

Publicidade

  • Banner-310x260.gif