Cartão Rosa - Edição 723

Para a alegria de familiares e amigos, os irmãos Gustavo e Guilherme comemoraram mais um niver na quarta-feira (22). A coluna deseja muita saúde

 

 


DROPS DA ARQUIBANCADA
De uma grande sacada na sua contratação à maior decepção. Assim pode acabar se transformando a passagem do português Augusto Inácio por aqui. Na coletiva que o treinador avaiano concedeu, falou que se for para trabalhar com o que tem, é melhor chamar outro técnico.
Hemerson Maria já trabalha firme para tentar reerguer a Chapecoense. Ele está à vontade no comando do Verdão do Oeste e está gostando das condições de trabalho. Hemerson é um profundo conhecedor das manobras do nosso futebol.
O ex-presidente Paulo Prisco Paraiso, um dos mais bem-sucedidos gestores do clube alvinegro, está tendo o seu nome rejeitado por alguns membros do conselho deliberativo e ex-dirigentes, que não querem ver PPP retornar ao Orlando Scarpelli. O verdadeiro dono do clube é o seu torcedor.
O presidente da FCF anuncia que vários clubes do nosso futebol estão devendo din-din para a nossa federação. Diz o mandatário que vai aguardar esses clubes pagarem a "continha", caso contrário, vai enviar as pendengas para o TJD. Ele só não disse quais clubes.
Alguns conselheiros do Avaí, um grupo de vinte e oito, estão se manifestando contra o presidente Battistotti, por conta dos últimos episódios envolvendo o mandatário do Avaí com alguns sócios do clube. 

Cartão rosa/vermelho

CARTÃO ROSA para o vereador João Carlos Amândio, o popular Bala, que não mede esforços para trabalhar em prol do bairro Ponte do Imaruim. É comum ver o vereador andando pelas ruas daquele bairro, acompanhando os trabalhos em prol da população.

CARTÃO VERMELHO, mais uma vez, para a Samae de Palhoça. Esta semana, acompanhei, pela televisão, uma operação de fiscais contra ligações clandestinas de esgotos em nossas praias. No que fazem muito bem. Mas, não podemos esquecer também que, até agora, a autarquia pouco, ou quase nada, investiu na rede sanitária de nossa cidade. A única coisa que eles sabem fazer, muito bem, é cobrar a conta da água e fazer cortes de abastecimentos. 


Focado no Flamengo
O torcedor rubro-negro tem motivos de sobra para vibrar. É que o atacante Gabigol, cansado de esperar por uma proposta de algum grande clube europeu, decidiu focar no Flamengo para 2020 e brigar pela vaga de titular da Seleção Brasileira. Depois da conquista da Libertadores, com dois gols, e na conquista do Brasileirão 2019 ter sido o artilheiro do certame, Gabriel Barbosa já decidiu permanecer na Gávea para ajudar o Flamengo a manter a hegemonia do futebol sul-americano e brasileiro. Aos 23 anos, dinheiro não é problema para esse bom atacante. De R$ 1,2 milhão por mês em 2019, o jogador irá receber R$ 1,5 milhão por mês em 2020.


Velhos problemas
A perda da Recopa para o Brusque, dentro da Ressacada, serviu para demonstrar os velhos problemas de 2019, quando o Avaí fez o pior Campeonato Brasileiro de sua história. Diante do Brusque, o torcedor avaiano pôde ver um miolo de zaga que voltou a vacilar e alguns jogadores que precisam melhorar muito para serem considerados titulares. Nesse jogo, o time da terra do marreco dominou o primeiro tempo, criando as principais chances - o time parecia estar jogando no Augusto Bauer. Destaque do jogo para o jogador Edu, que balançou as redes por duas vezes, levando o clube brusquense a conquistar a Recopa pela primeira vez.


Guarda Municipal na Ponte
Uma das áreas que deixa muito a desejar por aqui e acolá é o quesito segurança. A população do bairro Ponte do Imaruim, o mais populoso de Palhoça, cresceu muito nos últimos tempos e esse crescimento populacional traz algumas preocupações. Pequenos furtos, tráfico de drogas e outras mazelas passaram a fazer parte do cotidiano da comunidade. O terreno da Sanris, na Ponte do Imaruim que é um imóvel público, está desativado faz algum tempo. Seria interessante o poder público construir uma base da Guarda Municipal naquele endereço, para ajudar na repressão à criminalidade. O terreno está à disposição e a população apoia.


Bate-boca
O fracasso no último sábado (18), pela Recopa Catarinense, deixou o clima na Ressacada bastante tenso, a ponto de levar o presidente Francisco Battistotti a ter uma acalorada discussão com um torcedor. Foi um bate-boca daqueles que precisou da intervenção da turma do “deixa-disso”. O bate-boca ocorreu logo após o jogo, ainda no estádio. O presidente avaiano, sentindo-se vítima de ataques verbais contra a sua idoneidade e da sua família, partiu para cima do torcedor, que está totalmente indignado com a apresentação do time. É claro que o torcedor errou ao ofender um cidadão na sua honra. Mas, Battistotti não podia menosprezar o torcedor azurra, quando falou que: “o pagamento de uma mensalidade não cobre cinco horas de trabalho de um jogador". Pegou mal para o administrador.


Mais um campeonato
E começou mais um Campeonato Catarinense. Até o fechamento desta edição, os times ainda não haviam entrado em campo. Não dá para apontar um favorito destacado como é caso de Avaí, Chapecoense, Criciúma ou Joinville e, é claro, alguns dos considerados pequenos. Mesmo porque, não é um certame de apenas quatro equipes. Pelo andar da carruagem, o Catarinão deste ano promete um certo equilíbrio com um nível mediano. O Figueirense é o mais vezes campeão estadual, com 18 títulos, seguido pelo Avaí, com dezessete. Dia 2 de fevereiro teremos o primeiro verdadeiro clássico catarinense, no Scarpelli, com renda dividida.


Saudosista
Como um bom saudosista, cada vez que começa um Campeonato Catarinense volto ao início de minha carreira como árbitro que por tantos anos desfilei a minha irreverência e alegria por estes estádios afora. Era maravilhoso esperar a van do meu amigo Vilmar, o popular Piu-Piu, nosso motorista oficial, me pegar em casa, junto com os demais componentes da arbitragem e o fiscal da FCF, para seguirmos viagem até a cidade de destino. Era uma época em que o nosso campeonato levava público e os clubes faziam renda. Hoje em dia, tornou-se uma competição deficitária, sem nenhum atrativo em alguns jogos. Enquanto isso, a Federação nada faz para melhorar. O negócio deles é só arrecadar. 

Pensamento do Bambi

Aqui vai uma dica para você que está começando a gostar de alguém comprometido: pare, vá “enticar” os quero-quero que dá mais emoção. 

 

 

Vereador Bala acompanha os trabalhos da limpeza do terreno da Sanris, na Ponte do Imaruim. Esse é batalhador!



Publicado em 23/01/2020 - por Margarida Clésio Moreira dos Santos

btn_google.png btn_twitter.png btn_facebook.png








Autor deste artigo


Mais vistos

Publicidade

  • Banner-310x260.gif