Editorial - Edição 755

 

Rir, chorar, chorar de rir

Há muito tempo, jornalismo de credibilidade deixou de ser aquela letra dura e aquela voz sisuda, digna de medo. O jornalismo do Palhocense, que completou 30 anos em 2020, está cada vez mais flexível e próximo do leitor. Não somos os donos da verdade, mas construímos, com a ajuda do seu olhar, a cristalização de nosso tempo e cidade.

Por mais leve que seja, o humor gera responsabilidade. E ele, o humor, orbita em nossas páginas desde nossa versão em preto e branco, lá pelos idos de 1989. Hoje, mais do que nunca, precisamos rir. Rir de nós mesmos e, principalmente, rir de nossos governantes.
Por isso, a segunda temporada do programa Palavra do Palhocense vem cheia de informação, quadros novos, interação e humor. Queremos chegar ainda mais perto dos corações e mentes palhocenses. Vamos falar das nossas coisas, valorizar nossos tesouros.
São dias difíceis. O ano de 2020 está sendo marcado por muitas lágrimas. Precisamos mostrar a realidade a cada semana, a cada novo número. Mas queremos ir além. Queremos dividir com vocês a coragem de dizer que vamos superar e que vai ficar tudo bem.
O Palhocense segue com você, rindo ou chorando e até chorando de tanto rir!



Publicado em 03/09/2020 - por Palhocense

btn_google.png btn_twitter.png btn_facebook.png








Autor deste artigo


Mais vistos

Publicidade

  • ea73bab336bac715f3185463fd7ccc14.jpg