0018acfd3a4589ba9a37dec3dfe3f847.jpg Covid-19: como fica a vacinação nesta quarta-feira (08)

5fc9fe267fd4209dc5ec0527bef52bfd.jpeg Polícia Rodoviária Federal promove doação de brinquedos

ad429bfc43c61bfcd1caca1612b59100.jpeg Encontro virtual sobre mudanças climáticas e sociais ocorre nesta terça (7)

69e772c5808f26b5e49e0f2b22975e57.jpg Secretaria de Saúde reforça importância da aplicação da dose de reforço

c8c125531c8b83654f9309cecc6a2724.jpeg PRF flagra 37 motoristas dirigindo sob efeito de álcool em Palhoça

11d4d8dfbedca0fc2f3758ec2013de07.jpg Final da Copa Sênior Palhoça de Futebol é nesta terça-feira (7)

d6d50a1ca4d89a2580356c2c407d6130.jpeg Atletas da FMEC conquistam medalhas no Brasileiro de taekwondo

27e11cacd416c88131ac3f88f6e81065.jpg Copa do Mundo de Amadores contará com dois times de Palhoça

Gastronomia - Edição 736

 

Com liberação para funcionamento, bares e restaurantes precisam respeitar regras sanitárias

 


O governador Carlos Moisés divulgou nesta terça-feira (21), as normas para o funcionamento de shopping centers, galerias comerciais, academias e serviços de alimentação, que estão autorizados a abrir as portas a partir desta quarta-feira (22). 
A autorização para o funcionamento precisa vir acompanhada da obediência de uma série de normas que vão dificultar a disseminação do vírus do Covid-19.

O secretário de Estado da Saúde, Helton Zeferino, explica que, no caso dos serviços de alimentação (restaurantes, bares, cafeterias lanchonetes, etc) as medidas restritivas ocorrem já na entrada dos estabelecimentos. Todos os clientes devem utilizar máscaras e é necessário que seja disponibilizado álcool em gel a 70% para a higienização das mãos. A limpeza das mãos pode ocorrer também em pias, com o uso de água e sabão. Na área do buffet, os clientes devem novamente higienizar as mãos e utilizar luvas plásticas descartáveis na hora de se servir. O distanciamento dos clientes deve ser de um raio de 1,5 metros.

 

Cursos ensinam sobre segurança alimentar

Com o risco de colapso, é importante que bares e restaurantes lutem para manter estabelecimentos funcionando e que mais de seis milhões de pessoas que trabalham neste setor tenham seus empregos mantidos. A Associação Brasileira de Bares e Restaurantes (Abrasel) e o Sebrae disponibilizam em suas plataformas 30 cursos que promovem ganhos de produtividade, fator que pode ser essencial para a vida de um empreendimento. Os cursos são gratuitos e online. 

“Num momento em que os cuidados com a higienização estão redobrados e muito discutidos, os cursos de manipulação e segurança dos alimentos são fundamentais para quem trabalha nas cozinhas de bares, restaurantes, lanchonetes e padarias. Há também um curso com foco nas vendas por delivery. Queremos que essa seja mais uma opção para quem está procurando qualificação nessas áreas”, afirma o diretor de desenvolvimento da Abrasel, Lucas Pêgo.

Os cursos foram desenhados no formato fast learning (rápido aprendizado), de veloz visualização e absorção do conhecimento, e combinam vídeos curtos (5 a 10 minutos) e e-books como material de apoio. Os participantes podem acessar a qualquer hora do dia, pelo celular ou computador. Para se inscrever é necessário apresentar um CNPJ (funcionários podem usar o CNPJ dos bares e restaurantes em que trabalham). A partir daí, basta que a pessoa faça um simples cadastro nos sites da Abrasel ou Sebrae. A partir daí, o aluno acessa a área de qualificação e procura os cursos que atendem a sua demanda, com um teste ao final de cada um deles. O aluno que for aprovado no curso, tem direito a um certificado.



Publicado em 23/04/2020 - por Marcos Heise

btn_google.png btn_twitter.png btn_facebook.png








Autor deste artigo


Mais vistos

Publicidade

  • ea73bab336bac715f3185463fd7ccc14.jpg