f8cd4f6b92c2fc70f0e82ac7e1a42880.jpg Vacinação em SC: estado ultrapassa 5 milhões de pessoas com esquema vacinal completo

1069b9477a3a0d2f867498dc62b62e0e.jpeg Campanha quer melhorar autoestima de mulheres em situação de vulnerabilidade

5f9a9fdb32314194b4a64723f76fca64.jpeg Membros da comunidade se mobilizam para preservar vegetação na Pedra do Urubu

de47197475943f65b8890285981920fa.PNG Inspirada por Nelson Rodrigues, escritora de Palhoça lança livro de contos

c64875ae6408469efef36af9aa564775.jpeg ViaCatarina recebe mais uma edição da Feira do Artesanato

9570bba7c4646e5c724a73492d325f77.jpeg Produzido em Palhoça, EP de estreia de Yaju está disponível nas principais plataformas digitais

d6d50a1ca4d89a2580356c2c407d6130.jpeg Atletas da FMEC conquistam medalhas no Brasileiro de taekwondo

27e11cacd416c88131ac3f88f6e81065.jpg Copa do Mundo de Amadores contará com dois times de Palhoça

06dcb5028c047a5c6a4971990792762d.jpeg Halterofilismo: Rogério Anderle é campeão no Sul-Brasileiro 2021

b056d29d794b5e1bd70c65f106382a3b.jpg Governador Carlos Moisés abre a 60ª edição dos Jasc e destaca investimentos históricos no esporte

Carnaval 2021: o ano em que não houve folia

Com a pandemia e o cancelamento oficial do Carnaval, muitas pessoas envolvidas com a festa tiveram de se readequar

a4e440f923b31893445df59fc8060512.jpg Foto: DIVULGAÇÃO

Por: Willian Schutz*

 

Demorou para a ficha cair: 2021 é um ano sem Carnaval e “em meio à pandemia da Covid-19, muitas pessoas foram abaladas em seus empregos, nos contatos sociais, na afetividade e na alegria”, conforme descreve Lui Vandré, que há dois anos preside o Grêmio Recreativo Cultural e Escola de Samba Nação Guarani. 

Com feriado e pontos facultativos revogados, a festividade mais brasileira do mundo tornou-se impossível neste ano, por conta da pandemia do novo coronavírus. Com isso, houve um prejuízo cultural, social e econômico difícil de se estimar. 

Pela primeira vez desde 1932, não houve desfiles das escolas de samba brasileiras. Dessa forma, a escola de samba Nação Guarani, representante palhocense nas passarelas, não conseguiu levar a cultura para a Nego Quirido. 

 

Legado cultural 

Lui Vandré, que difunde a tradição carnavalesca de Palhoça, comentou as mudanças e impactos que ocorreram por conta da não realização da “folia” em 2021. “A escola de samba, o Carnaval, vai além da glória do desfile. Ela é a passagem de cultura de geração para geração, de solidariedade e de fraternidade. No GRES Nação Guarani não é diferente”, defende. 

O argumento do presidente da escola de samba se entrelaça com a história: Lui é filho de Cacae, uma figura relevante na tradição carnavalesca da região. Cacae fundou a Escola de Samba Nação Quilombo, conhecida como “Quilombo do Cacae”. Além de passar pela escola Protegidos da Princesa, o pai do atual presidente da Nação Guarani também compôs enredos sobre a herança afro na sociedade florianopolitana e enredos de consciência ambiental, com o uso de resíduos sólidos nas composições de suas fantasias. 

“A cultura do Carnaval está em minhas veias. Meu pai foi um grande carnavalesco da Grande Florianópolis e eu hoje sigo seus passos artísticos e sociais”, conta Lui Vandré. “Para muitos, o Carnaval é só folia, mas para nós, é o caminho para a fraternidade e para auxiliar a nossa tribo. Esse sempre foi o objetivo da Nação”, completa.

 

Mudanças no planejamento

Os impactos da não realização do Carnaval extrapolam a propagação da cultura. Anualmente, a festividade gera empregos e movimenta grupos sociais. Nessa esfera, os envolvidos com desfiles, blocos e atividades comerciais relacionadas com a festa tiveram de se adaptar. Com o grupo presidido por Lui não foi diferente.   

Para 2021, o GRES Nação Guarani preparou o lançamento do enredo “Massiambu, o Paraíso Místico Guarani”. No entanto, por conta das restrições da pandemia, o evento de divulgação sofreu dois adiamentos consecutivos. O samba só pôde ser ouvido a partir do fim de julho de 2021. 

O lançamento de “Massiambu, o Paraíso Místico Guarani” foi através de uma live, que contou com apresentação de Kika Rosa, esposa do presidente e integrante do grupo carnavalesco. Kika explicou que a canção surgiu para “difundir a história de Massiambu: a resistência daquela terra e de seu povo”.

Além disso, no cenário em que a difusão cultural nas passarelas não é possível, a Nação Guarani organizou ações para beneficiar as pessoas em vulnerabilidade social. “Neste ano atípico, ao invés de estarmos organizando os ensaios e fantasias, organizamos campanhas de auxílio alimentar, com doações de cestas básicas; ao invés de nos reunirmos para planejar os encantos do desfile, planejamos como seria a distribuição e coleta das doações”, afirma Lui.  

Dessa forma, do ano passado para cá, foram realizadas diversas campanhas (confira abaixo). Assim, mesmo com as mudanças no planejamento, o Grêmio Recreativo Cultural e Escola de Samba Nação Guarani se readequou e segue com atividades em prol da sociedade e da cultura. 

E com os acontecimentos recentes, a expectativa (leia-se “vontade”), é a de que a situação seja diferente em 2022: “Esperamos que a vacina esteja à disposição para toda a população o mais breve possível, porque passar mais um ano sem reverberar a cultura do Carnaval em nosso município é sim uma tragédia: cultural”, conclui Lui Vandré.

 

Campanhas realizadas pela Nação Guarani

* Projeto 100 sorrisos, 100 brincadeiras, 100 imaginação não há infância: houve distribuição de 100 livros infantis, 250 pacotes de doces e 350 brinquedos

* Mutirão: mobilização para a distribuição de roupas em bom estado, para famílias necessitadas

* Campanha Nação do Bem: foram distribuídos cerca de 5 toneladas de alimentos não-perecíveis e kits de higiene às famílias prejudicadas economicamente pela pandemia

* Em parceria com o Projeto Crianças de Ouro – Jiu-Jitsu, houve distribuição de 129 cestas básicas, kits de higiene e um frango. Com a ação, famílias do bairro Caminho Novo foram beneficiadas 


* Sob a supervisão de Alexandre Bonfim

Quer participar do grupo de WhatsApp do Palhocense?
Clique no link de acesso!



Galeria de fotos: 4 fotos
Créditos: DIVULGAÇÃO DIVULGAÇÃO DIVULGAÇÃO DIVULGAÇÃO
Tags:
Veja também:









Mais vistos

Publicidade

  • ea73bab336bac715f3185463fd7ccc14.jpg