Homem intimida lojistas no Centro

De acordo com denúncias de leitores, o acusado seria um ex-detento.

b649bef523e8de7329120a69d215a500.jpeg Foto: Palhocense

Comerciantes do Centro de Palhoça relataram casos de intimidação na manhã desta segunda-feira (18), durante o horário de trabalho. De acordo com eles, um homem, que declarava ter acabado de sair da cadeia, estaria passando, desde semana passada, nos estabelecimentos da região para constranger os atendentes. A recomendação, nessas situações, é de que a Polícia Militar seja acionada. 

Relatos dão conta de que o ex-detento tinha temperamento agressivo. “Primeiro, pediu dinheiro para Uber, e meu esposo disse que não. Ele foi e voltou, pediu máscara, meu esposo mais uma vez negou. Daí ele meteu a mão em uma que estava em cima do balcão, rasgou o pacotinho, e saiu da loja”, revela uma das lojistas. De acordo com as denúncias, o homem estava com boa aparência: “Realmente tinha perfil de quem tinha acabado de sair da prisão”.

Para os proprietários, o medo é de que ele continue aparecendo na loja. “E se, nessa brincadeira, ela volta com uma faca?”, questiona. A vítima realizou um Boletim de Ocorrência. 

Na semana passada, um homem, que dizia ter acabado de sair da cadeia, entrou em uma loja de artigos para bebês, também pedindo máscaras. Na ocasião, as atendentes entregaram o acessório e ele foi embora. 

Em casos de constrangimentos, a orientação do major Marcello Wagner, subcomandante do 16º Batalhão de Polícia Militar de Palhoça, é a de que a Polícia Militar seja chamada o mais rápido possível. “Caso haja possibilidade, informar também no grupo da rede de vizinhos, para que as demais pessoas fiquem atentas”, recomenda o policial.

O subcomandante ressalta, ainda, que nunca se deve agir por conta própria. 

 

Quer participar do grupo do Palhocense no WhatsApp?

Clique no link de acesso!
 



Tags:
Veja também:









Mais vistos

Publicidade

  • ea73bab336bac715f3185463fd7ccc14.jpg