6756091277b19aec741476bf3383d218.jpeg Procon de Palhoça faz fiscalização durante a Black Friday

463cab5085e3cf66cc9b7a5ac915fa9f.jpeg Educação financeira é tema de palestra no Grupo Escolar Pequeno Príncipe

fdf68269a8e4b0bd140c2b3adb49294f.jpg Covid-19: como fica a vacinação nesta segunda-feira (29)

9570bba7c4646e5c724a73492d325f77.jpeg Produzido em Palhoça, EP de estreia de Yaju está disponível nas principais plataformas digitais

2910c210c06278259818c0385bdd8292.jpg Com abertura do Natal Esperança e Luz, clima de festa e solidariedade está oficialmente no ar

d0b134827f35daf7aebcf6873196c5e8.jpg Programa O Balaio estreia e já está disponível em podcast

5204d1e2f0653103f606bbe8f0cd5e45.jpeg Abertura do Natal Esperança e Luz será na quarta-feira (24)

27e11cacd416c88131ac3f88f6e81065.jpg Copa do Mundo de Amadores contará com dois times de Palhoça

06dcb5028c047a5c6a4971990792762d.jpeg Halterofilismo: Rogério Anderle é campeão no Sul-Brasileiro 2021

b056d29d794b5e1bd70c65f106382a3b.jpg Governador Carlos Moisés abre a 60ª edição dos Jasc e destaca investimentos históricos no esporte

39351c576fb8b35178ba2bf59c2ccfc4.PNG Árbitros palhocenses participam de megaevento de vôlei de praia em Itapema

Moradores preocupados com segurança no Mar Aberto

Comunidade se mobilizou para criar uma Rede de Vizinhos e procura autoridades para fazer reivindicações

f28b19d191a461818f7c77c1f3400cdc.jpeg Foto: DIVULGAÇÃO

A comunidade do Mar Aberto, no balneário da Pinheira, vem se organizando para tentar garantir um pouco mais de segurança aos moradores. Após a criação de um grupo no aplicativo WhatsApp, ainda no ano passado, este ano os moradores se mobilizaram para formar, com o auxílio da Polícia Militar, a Rede de Vizinhos Mar Aberto. No futuro, a ideia é a criação de uma associação para o balneário.

Os moradores também conseguiram agendar reuniões com autoridades municipais, como o secretário de Segurança Pública, Eduardo Freccia. A reunião aconteceu no dia 9 de julho. O grupo que participou do encontro informou ao secretário sobre os problemas vivenciados pela comunidade (furtos, assaltos, tráfico de drogas, acidentes de trânsito, etc.) e solicitou a realização de algumas medidas, como colocação de placas, pintura de lombadas e faixas de segurança, melhorias na iluminação pública e notificação de donos de terrenos baldios que não são limpos regularmente, entre outras solicitações.

No dia 15 de julho, os moradores se reuniram com a delegada regional da Polícia Civil, Beatriz Ribas Dias. Na oportunidade, encaminharam documentos com reivindicações, como a ativação da sub-delegacia da Pinheira, aumento do efetivo para investigações, intensificação de ações de busca e apreensão e o estabelecimento de um canal de comunicação entre a Polícia Civil e a rede de vizinhos. 

“Infelizmente, tivemos um resultado pífio, com exceção do bom atendimento da delegada Beatriz. Conforme estamos habituados, o discurso é o mesmo, ou seja: falta pessoal, estrutura, viatura, além da legislação que emperra o trabalho. De positivo, mesmo, nesta reunião, ficou o fato de que nós, enquanto sociedade organizada, precisamos estar cada vez mais unidos para corrermos atrás dos nossos objetivos, sempre cobrando dos órgãos competentes os nossos direitos, cumprindo nossos deveres e ao mesmo tempo, buscando nós mesmos soluções para nossas demandas”, avalia o morador Valdir Paschoal Fraga. 

 



Tags:
Veja também:









Mais vistos

Publicidade

  • ea73bab336bac715f3185463fd7ccc14.jpg