Festival Bela Palhoça: natação e corrida no Sul

Evento levou quase mil atletas de sete países à Ponta do Papagaio

99953eac153ac078ebf32bdd370851ea.jpg Foto: FISHEYE/PHOTOGRAPHY/DIVULGAÇÃO

Quase mil atletas de sete países se reuniram na Ponta do Papagaio, no último final de semana, para provas de natação em águas abertas e corrida na areia da praia. A programação fez parte da primeira edição do Festival Bela Palhoça, que abriu oficialmente o calendário de verão do estado e contou com a participação do prefeito Camilo Martins e do presidente da Fundação Municipal de Esporte e Cultura, José Virgílio Júnior (Secco), que receberam o Troféu Amor Pela Natação, em reconhecimento pelo incentivo ao esporte.

Nadadores de alto desempenho de Argentina, Paraguai, Uruguai, Portugal, Espanha, Suíça e de vários estados brasileiros marcaram presença no sábado (7) com a Travessia 5K, que começou da Praia de Cima, na Pinheira, e fechou a prova na Ponta do Papagaio. Quem levou a melhor no masculino foi Diego Vidal, da equipe ACM, de Porto Alegre, que cumpriu o trajeto em 1h. Já na categoria feminina, Amanda Martins, da Okimoto & Cintra, conquistou o primeiro lugar com o tempo de 1h21min.

Encerrando o primeiro dia de competições, a Corrida do Pôr do Sol - Ponta do Papagaio, com trechos de 4km e 8km disputados na orla da praia, contou com um show à parte do céu, que caprichou nos tons de laranja. E, na areia, quem mostrou que o preparo está em dia foram os atletas Bruno Bopre, que levou o primeiro lugar no maior trecho, e Sidnei Castanha, campeão do 4Km.

Já no último dia de atividades, foi a vez da terceira etapa do Circuito Ocean, com os tradicionais percursos de 200m, 750m e 1.500m. E os grandes campões foram: Lucas Davessac (masculino), com o tempo de 19’38, e Fabiana Moretti (feminino), com 25’55, nos 1.500m; Bruno Bopre (masculino), com 11’23, e Daisy Bastos (feminino), com 15’59, nos 750m; e Gabriel Soares Rodrigues, nos 200m.

Durante o festival, as equipes de natação também participaram de uma ação do bem, com a doação de alimentos não perecíveis. E quem conseguiu arrecadar mais foi o grupo Treino Travessias, do Campeche, em Florianópolis, que levou o Troféu Solidariedade. No total, foram arrecadados 103Kg, que foram entregues na terça-feira (10) para a Associação João Paulo II, na Ponte do Imaruim.



Galeria de fotos: 2 fotos
Créditos: FISHEYE/PHOTOGRAPHY/DIVULGAÇÃO FISHEYE/PHOTOGRAPHY/DIVULGAÇÃO
Tags:
Veja também:









Mais vistos

Publicidade

  • ea73bab336bac715f3185463fd7ccc14.jpg