Espetáculo "O Grande Show" estreia no CIC

Musical inspirado no filme indicado ao Oscar e vencedor de um Globo de Ouro "O Rei do Show" conta com 30 artistas, canções com versões próprias, projeções e a mensagem de que sonhar

cfdec7e558f06233ec23055dd26f924e.jpg Foto: DIVULGAÇÃO

Menor do que meu sonho não posso ser. As palavras do poeta Lindolf Bell se aplicam bem à história do musical "O Grande Show", que, por sua vez, integra-se à história dos integrantes da produtora Start Artístico, que montou o espetáculo. Acreditar em si, não ficar dependendo de oportunidades, mas sim, criá-las e crescer a ponto de poder oferecê-las a outros. Esse pensamento resume um pouco dos valores da Start e do que é o espetáculo, que estreia no Teatro Ademir Rosa, nos dias 28, 29 e 30 de junho. É um show para toda a família, com classificação indicativa de 10 anos.

O musical conta a história de Phineas Barnum, o inventor do circo. Tudo se passa na cidade de Nova Iorque, onde se vê a trajetória de Phineas desde a infância dolorosa até a vida adulta, quando não mede esforços para se tornar um homem de sucesso. Para realizar o sonho ao longo de sua vida, o protagonista é surpreendido por encontros com pessoas extraordinárias. Elas mudam seu rumo e o levam ao destino de se tornar o maior showman do mundo, dando vida ao seu circo. 

Os extraordinários lutam constantemente contra a ameaça de pessoas que os querem fora da cidade. Eles terão que lutar pelo amor à arte e à beleza de serem pessoas diferentes, agora que finalmente encontraram um lar onde ser extraordinário é normal. Respeito e amor são outras palavras que circundam o musical que promete ser "O Grande Show".

"Em 2017, quando saiu o filme "O Rei do Show", eu e o Lucas Dulli (sócio da Start) fomos ao cinema já com o sonho do montar uma produtora. Vendo o filme, percebemos que falava muito sobre isso: montar algo sem ter de onde tirar recursos. O filme falava sobre o artista, sobre o sonho, sobre acreditar em si mesmo e batalhar para realizar", conta Lara Pasternak, sócia-diretora da Start, diretora do espetáculo e uma das protagonistas. "O nome da produtora Start vem da motivação incentivada pelo filme", completa.

O musical é uma adaptação do filme que foi indicado ao Oscar e conquistou um Globo de Ouro. A ideia é valorizar bastante os extraordinários, os integrantes do circo. A Start deu a cada ator a liberdade de levar um pouco de seu talento para dentro dos personagens. "Queremos mostrar que aqui em Floripa temos qualidade por vezes até maior do que no Rio e São Paulo. Queremos que a pessoas se sintam dentro do circo, que vivam a experiência. Faremos um envelopamento na entrada do teatro com diferentes artistas e técnicas circenses para criar este clima de experiência mesmo antes do musical começar. E uma das surpresas que podemos revelar em parte é que vamos fazer o circo pegar fogo em pleno teatro", adianta Lara.

A produtora-geral do musical e atriz, Mia Sônego, conta que os ensaios começaram há um ano. "Realizamos audições, fizemos roteiro, versões para as músicas, entre várias outras etapas. Queremos que as pessoas reconheçam a qualidade de som, de luz e da parte técnica em geral. Trabalhamos para despertar esse senso crítico na plateia. Queremos fazer o excelente, colocar em palco aquilo que é maravilhoso".

O musical, com 1h40 de duração, tem no palco 30 artistas, contando com cantores, atores, bailarinos e circenses. No elenco, está a youtuber, cantora e atriz Carol Marcílio, que junto com sua irmã Vitoria tem o maior canal de covers do YouTube Brasil com 4,8 milhões de inscritos. Pela primeira vez, Carol viverá uma vilã no teatro. Envolvendo palco e bastidores, uma equipe de mais de 60 pessoas é responsável pela peça. 

O cenário é todo feito com composições de objetos cênicos e projeções criadas exclusivamente para o musical e assinadas pela empresa Vita Art, que já trabalhou com Miguel Falabella, Eduardo Sterblitch, Ludmila e Toquinho. Além disso, todas as músicas têm versões próprias, criadas para "O Grande Show". "As canções têm um recado motivacional. Falam muito sobre o sonho e sobre a nossa própria carreira. Eu me vejo muito no personagem principal. Basta eu pensar um pouco em mim e já consigo montar facilmente o personagem", explica Lucas Dulli, o grande protagonista. Ele, que também é sócio-diretor da Start, é diretor musical do espetáculo e tem uma longa carreira como cantor em bandas. Lucas toca violão e é o compositor das versões para o espetáculo.

"O Grande Show" tem o apoio de La Bella Art, Disfarce Fantasias, Magma - Alongamentos de Cabelos, Cenarium - Escola de Dança e RockFella.


Will Costa

As artes dos cartazes e flyers de "O Grande Show" foram criadas pelo renomado ilustrador Will Costa. Sua forma de trabalhar consiste em desenhar manualmente os retratos, tendo fotos como referência e colorindo somente com lápis de cor. Will Costa já foi convidado pelo Instituto Ayrton Senna para ser uma das personalidades brasileiras a customizarem um capacete para a exposição itinerante “Senna na Cabeça e no Coração”, que está viajando pelo país arrecadando fundos para projetos sociais destinados à crianças e adolescentes. Além disso, estampou a divulgação da “Swish Swish Tour” da cantora Gretchen e ilustrou cartazes de shows de artistas internacionais para uma casa de shows na Broadway, em Nova York. Seu trabalho já foi divulgado por diversas celebridades como Ivete Sangalo, Sandy, Nita Strauss e Xuxa.

 

A produtora Start Artístico

A Start nasceu de uma vontade de promover e movimentar o cenário cultural e artístico da Grande Florianópolis. A ideia é criar novas oportunidades profissionais para os artistas locais, produzindo espetáculos com qualidade igual ou até superior que as de São Paulo e Rio de Janeiro. A Start acredita em um espaço inclusivo para todos os tipos de arte e artistas, sem qualquer distinção de etnia, classe socioeconômica e gênero. 

Respeita as áreas divergentes de sua estética e de visão de espetáculo. Valoriza lutas e vivências de cada indivíduo e aprecia a honestidade e a transparência no ambiente de trabalho, primando a palavra e o compromisso. A Start já concretizou muitas de suas metas nos anos de 2018 e 2019, obtendo 100% de aproveitamento nesse ano com a aprovação de todas as pautas solicitadas para os teatros em Florianópolis. 

Com pouco mais de um ano, a Start conta com uma gama de mais de 60 profissionais artistas e técnicos já envolvidos em projetos. O teste de elenco para "O Grande Show" contou com várias etapas de seleção devido ao grande número de artistas inscritos para participar do elenco. Dois dos sócios fundadores da Start já participaram do Reality X Factor Brasil. Lucas Dulli já participou do programa The Got Talent Brasil e foi vencedor do concurso de corais da TV Xuxa. Lara Pasternak, com apenas 22 anos, já trabalha como atriz há 17 anos, acumulando em seu currículo diversas peças publicitárias e teatrais. Quando criança, foi repórter mirim do Jornal do Almoço e apresentadora do programa Nova Geração na TVCOM. 

 

Serviço

O quê: musical “O Grande Show”
Quando: dias 28, 29 e 30 de junho, às 20h
Local: Teatro Ademir Rosa (CIC), Avenida Gov. Irineu Bornhausen, 5600, Agronômica, Florianópolis, SC
Ingressos: R$ 50 inteira / R$ 25 meia. Ingresso Rápido e bilheterias do TAC e CIC (classificação indicativa: 10 anos)



Tags:
Veja também:









Mais vistos

Publicidade

  • Banner-310x260.gif