Voluntários em ação nas praias do Sul

Nem o mau tempo atrapalhou os voluntários no Dia Mundial da Limpeza na Guarda do Embaú e na Praia do Sonho

fa0b4fa9b1198d999f94940316c53b40.jpg Foto: NORBERTO MACHADO

Apesar da instabilidade do tempo, 97 voluntários participaram do mutirão de limpeza na Reserva Mundial de Surfe (RMS) Guarda do Embaú, no sábado (15), celebrando o Dia Mundial de Limpeza, quando foram coletadas 4.023 peças de resíduo sólido, totalizando 243 quilos.

A campanha de conscientização foi mundial, com a participação de mais de 150 países e cerca de 400 cidades brasileiras. No litoral sul catarinense, o movimento foi liderado pela ONG Ecosurf, que agregou as praias da Guarda do Embaú, Garopaba, Imbituba e Laguna.

Na Guarda, o mutirão começou às 14h e o foco foi concentrado em seis lugares: beira do rio, orla, costão, praia da Guarda, Prainha e trilhas. O evento finalizou às 17h, com a contagem do lixo recolhido e pesagem, sorteio de brindes e apresentação musical do grupo local de forró “Unha Encravada”. Durante o mutirão, ainda aconteceu a oficina infantil “Transformando materiais recicláveis em brinquedos” e o “Espaço Lounge com frutas”, oferecidos pela Ecoeficiência Soluções Ambientais e Supermercados Santos, que também doou copos reutilizáveis.

Vale destacar ainda a presença do surfista profissional de Bombinhas (SC) Alejo Muniz, ex-WCT, que participou das atividades e achou muito legal a ação. “Fui companheiro do Ricardinho da Guarda na equipe catarinense e amigo nas sessões de surfe e fiquei muito contente em voltar na agora Reserva Mundial de Surfe, onde sempre encontro boas ondas”, disse. “Reunimos todas as associações da Guarda do Embaú e estamos apoiando este Dia Mundial da Limpeza. Foi uma ação muito legal”, comentou o presidente da RMS Guarda do Embaú e diretor de Comunicação da Associação de Surf e Preservação da Guarda do Embaú (ASPG), Marcos Aurélio Gungel (Kito).

 

Praia do Sonho

Na Praia do Sonho, também foi organizado um grande evento de limpeza, liderado pelo movimento Palhoça Menos Lixo. A ação envolveu diferentes grupos de voluntários, todos com a mesma consciência: não basta retirar o lixo, é preciso evitá-lo. Por isso, a ideia é apostar na conscientização ambiental, chamando a atenção para o problema do consumo cotidiano e da destinação correta dos dejetos: quanta embalagem a gente usa e onde a gente descarta?
Foram recolhidos cerca de 3,5 mil itens. Os “itens campeões” foram: hastes de cotonete e pirulito (755 itens), tampas plásticas (665), pedaços de isopor (368), copos plásticos (216) e garrafas pet (202). Foram encontrados até um televisor, partes de automóveis e duas tartarugas mortas.

Todo o lixo reciclável reunido pelos voluntários (que se deslocaram de vários bairros da cidade até a Praia do Sonho) foi destinado à associação Pró-Crep, da Pinheira. As tampinhas plásticas foram entregues ao projeto Ecopet, que com as tampinhas arrecada dinheiro destinado à castração de animais (acesse o link e saiba mais sobre o projeto: goo.gl/ZuHWkR).

 

Pinheira

Devido ao mau tempo, a limpeza da Pinheira foi transferida para o dia 29 de setembro. O encontro será às 9h, na pracinha da Praia de Baixo. Lá, os voluntários serão divididos em grupos antes do deslocamento aos diferentes locais de coleta.



Galeria de fotos: 10 fotos
Créditos: NORBERTO MACHADO NORBERTO MACHADO NORBERTO MACHADO NORBERTO MACHADO NORBERTO MACHADO NORBERTO MACHADO NORBERTO MACHADO NORBERTO MACHADO NORBERTO MACHADO NORBERTO MACHADO
Tags:
Veja também:









Mais vistos

Publicidade

  • d83a8831fba6952d386c6501dc64c0ab.jpg